Menu
Inicio Covid-19 Em tempo de pandemia, que cuidados alimentares as crianças devem seguir?

Em tempo de pandemia, que cuidados alimentares as crianças devem seguir?

Obrigar a mudar a rotina pode ser, também, uma oportunidade para criar novos e melhores hábitos para toda a família.

alimentação crianças

O regresso às aulas está prestes a acontecer e será mas uma prova de que a rotina de todos nós mudou e obrigou à adaptação de novos hábitos, a nível de alimentação inclusive.

Neste sentido, e porque o aumento do tempo em casa resultou, para muitos, numa pior qualidade nutricional, com aumento do risco de aumento de peso, a Direção Geral de Saúde aponta o momento atual como uma oportunidade de promover um consumo alimentar mais saudável para toda a família, tendo como principal foco a alimentação dos mais novos.

Foi através do Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável que a DGS publicou um breve manual sobre o tema, que pode ser consultado aqui e cujas principais linhas deixamos neste mesmo artigo. É destinado não só a professores e encarregados de educação, mas a todos os que têm crianças em casa nestes dias.

  1. Importância da alimentação na saúde e desenvolvimento das crianças

Além de alertar para a percentagem de crianças obesas no país (atualmente 29,6% das crianças portuguesas têm excesso de peso), é explicada a importância de uma alimentação saudável como método preventivo e de reversão da situação.

  1. 6 regras para uma alimentação saudável

São elas:

  1. Comer mais frutas e hortaliças
  2. Beber mais água e menos bebidas açucaradas
  3. Evitar o ‘lixo alimentar’ (ou seja, tudo o que sejam processados)
  4. Consumir leite e derivados na dose certa
  5. Fazer uma alimentação com base na roda dos alimentos
  6. Ensinar os mais novos a comer e cozinhar bem
  7. Publicidade alimentar dirigida às crianças em meios digitais

A DGS alerta para o marketing dirigido a crianças que não poucas vezes se associa a um aumento da ingestão energética, o que pode levar à obesidade.

“Durante estes dias é natural que as crianças e adolescentes passem mais tempo no computador, televisão e redes sociais. Uma oportunidade para se refletir sobre este tema. Será que enquanto a sua criança navega na net encontra publicidade sobre alimentos? Que alimentos são publicitados? Quais os que estão proibidos por lei?”, lê-se no documento.

  1. Vamos ensinar as crianças a ter uma alimentação mais saudável

Como? Através da promoção da literacia alimentar. Envolver as crianças no processo de produção e confeção de alimentos, sensibilizando-as para importantes aspetos. Para tal, a DGS sugere várias atividades para fazer em casa com os mais novos. De referir que são disponibilizadas, no referido site, todos os matérias que irá precisar para os por em prática.

Outros Artigos


Outros Conteúdos GMG

Brand Story