Menu
Inicio Saúde Eis como pode melhorar a sua saúde em 60 segundos

Eis como pode melhorar a sua saúde em 60 segundos

Sim, pode melhorar a sua saúde em apenas um minuto.

Tem um minuto? Temos boas notícias. Embora muito do que devemos fazer para nos mantermos saudáveis ​​possa demorar algum tempo (dormir oito horas seguidas, fazer um treino completo, cozinhar uma boa refeição), há muitas coisas rápidas que podem também melhorar a sua saúde. As que aqui lhe indicamos podem ser feitas em casa, levam apenas um minuto (ou menos!) e garantem bons resultados.

Fio dental mais inteligente

“Com a prática, dá para usar o fio dental em menos de um minuto. As laterais dos dentes são onde os alimentos e as bactérias se acumulam e causam problemas”, diz Sargon Lazarof, dentista em Los Angeles, à revista norte-americana Prevention.

Bochechar um elixir oral por 30 segundos

Bochechar um elixir oral por, pelo menos, 30 segundos dá tempo suficiente para que todos os seus dentes sejam expostos às propriedades antibacterianas do líquido. “Embora possa fazer isto a qualquer hora, é melhor fazê-lo antes de dormir”, recomenda Sargon Lazarof. “Quando dorme, a sua boca fica mais seca, o que permite que as bactérias causem a maior parte dos danos. O elixir oral pode ajudar a atenuar os efeitos”.

Beba água pela manhã

“Beba um copo grande de água ao acordar de manhã, antes do pequeno-almoço”, diz Will Bulsiewicz, gastroenterologista. “Ficará mais rapidamente desperta desta forma”.

Lave o feijão

O líquido em que os feijões enlatados e vegetais estão é, principalmente, sal e amido. Passar o feijão por água durante dez segundos removerá cerca de 40% do sódio. Depois, pode “adicionar meia chávena de feijão a praticamente qualquer coisa que comer”, diz Tamara Duker Freuman, autora do livro The Bloated Belly Whisperer. “Comer feijão ou leguminosas todos os dias é o único fator dietético comum entre as pessoas que vivem mais tempo e vivem mais livres de doenças”, afirma.

Faça uma pausa a meio da refeição

Quando se sentar para comer, reserve um momento para dividir fisicamente a comida pela metade antes de começar a comer. “Considere a divisão como uma ‘lombada’”, diz Michelle May, autora do livro Eat what You Love: Love what You Eat. “Quando atinge o pico, isso lembra-a de fazer uma pausa e diminuir o ritmo para reavaliar o seu nível de fome e saciedade – e parar antes que esteja demasiado satisfeita”, acrescenta.

Prepare uma chávena de chá

Para muitas variedades de chá verde, apenas um minuto de preparação é tudo o que precisa para um grande impacto para a saúde. Na verdade, beber chá verde pelo menos três vezes por semana tem sido associado a um risco 25% menor de doenças cardíacas e derrame. A conclusão é de um estudo publicado na revista European Journal of Preventive Cardiology.

Avalie a sua aptidão física

Sente-se numa cadeira sem braços, com as costas retas e os pés no chão. Depois levante-se e sente-se. Repita para cima e para baixo o mais rápido que puder durante dez vezes. Num estudo, pessoas de meia-idade que levaram mais de 26 segundos para fazer isto, ou que não conseguiram terminar, tiveram maior risco de morrer prematuramente.

Construa ossos mais fortes

Correr pelo menos um minuto por dia está associado a uma saúde óssea 4% melhor (em comparação com correr por menos de um minuto). Esta relação foi publicada numa pesquisa da revista académica International Journal of Epidemiology. “Isto é importante, especialmente porque, após a menopausa, a taxa de perda de densidade mineral óssea é de aproximadamente 1% ao ano”, diz Victoria Stiles, coautora do estudo.

Suba as escadas a correr

Subir vigorosamente 60 degraus em 20 segundos, três vezes por dia, três dias por semana durante seis semanas, aumenta a aptidão cardiovascular em cerca de 5%. Assim diz um estudo de 2019. Isto pode parecer modesto, mas “mesmo um pequeno aumento na aptidão cardiorrespiratória melhora a saúde geral. Além disso, reduz a probabilidade de desenvolver doenças cardiovasculares”, diz o autor do estudo, Martin Gibala.

Diminua as luzes

Assim que o sol se põe, espelhe essa escuridão dentro da sua casa, diminuindo as luzes. “Esta tarefa simples ajuda a promover a produção da hormona melatonina, que tem efeito sedativo”, diz Christopher Winter, autor do livro The Sleep Solution.

Proteja a pele esquecida

Dedique mais alguns segundos todas as manhãs para aplicar o protetor solar nas costas das mãos, pescoço e orelhas. “Estes são pontos comuns para vários tipos de cancro da pele. Por isso, é vital não os esquecer”, refere Maritza I. Perez, vice-presidente sénior da Skin Cancer Foundation.

Experimente respirar profundamente

Respire profundamente de duas a três vezes. Enquanto se concentra na respiração, pense em três coisas que lhe estão a correr bem – ou coisas que espera que aconteçam num futuro próximo. De seguida, escreva-as”, diz Glenn R. Fox, chefe de design, estratégia e divulgação do USC Performance Science Institute, em Los Angeles. Um exercício como este pode reduzir a sua frequência cardíaca e pressão arterial e melhorar o humor.

Levante-se

“Acredita-se que quando ficamos sentados por períodos prolongados, as toxinas promovem danos nos nossos vasos sanguíneos. O que aumenta o risco de doenças cardíacas”, explica Monique Tello, instrutora clínica da Harvard Medical School, em Boston. Para combater o efeito, a médica recomenda ficar de pé uma vez por hora para ajudar a reduzir o efeito prejudicial aos vasos sanguíneos.

Alivie a dor nas costas

Sente-se direita numa cadeira, mãos nas coxas e ombros para baixo. Puxe os ombros para trás, aperte as pernas e segure por cinco segundos. “Repita isto três a quatro vezes ao dia para fortalecer os músculos das costas e mitigar a dor nesta zona”. O conselho é de Neel Anand, professor de cirurgia ortopédica e diretor de trauma no Cedars-Sinai Spine Center, em Los Angeles.

Fortaleça o assoalho pélvico

“Cada vez que ficar presa num semáforo, faça cinco exercícios Kegel, apertando por cerca de cinco a dez segundos cada”, diz Heather Bartos, obstetra e ginecologista em Cross Roads, no Texas. Para fazer isto, contraia (e solte) os músculos que usaria para interromper o fluxo de urina. Faça-o sem envolver o abdómen superior, as coxas ou os músculos das nádegas. “Fazer isto regularmente fortalece o assoalho pélvico, o que pode prevenir problemas como incontinência”, afirma a especialista.

Brand Story