Menu
Inicio Nutrição É assim que pode cortar no sal sem dar por isso

É assim que pode cortar no sal sem dar por isso

Tem noção de que anda a temperar a sua comida com demasiado sal, mas não sabe como o evitar? Temos a estratégia certa para mudar tais hábitos.

A dose recomendada de sal, para um adulto, é de 5 gramas por dia. Contudo, estima-se que os portugueses consumam, em media, cerca de 11 gramas por dia. A dose superior ao dobro recomendado pode acarretar inúmeras consequências para a saúde, seja a nível de retenção de líquidos ou, a curto ou longo prazo, pressão arterial elevada.

Mudar estes hábitos não é de todo impossível. Nem será tampouco uma mudança triste para os seus cozinhados, acredite.

A Women’s Health aponta-lhe várias dicas que prometem facilitar ao máximo esta mudança. Depois de a por em prática, o difícil será voltar às doses de sal que habitualmente consumia!

Afaste-se dos processados

A American Heart Association criou uma lista de alimentos a evitar, a que chamou de ‘salty six’. Um conjunto de seis ‘alimentos tipo’ que se refere a pão, carne curada, sanduiches e hamburguers, pizza, sopas prefeitas e nuggets (ou outros pratos de frango congelados e prefeitos). Mesmo sem decorar esta lista, facilmente os alarmes no interior da sua cabeça irão soar próximo de alimentos destes, por serem altamente ricos em sal.

Assuma o seu chef interior

Comer fora ou mandar vir comida são formas rápidas de aumentar o consumo de sódio, no geral. Pelo contrário, ao cozinhar em casa e trazer a sua própria comida para o almoço no trabalho, irá controlar muito melhor aquilo que come e quanto sal adiciona ao seu prato.

Descubra novos sabores

Sempre que cozinhar, experimente diferentes temperos que a façam afastar do sal.

Aposte nas ervas – sejam frescas ou secas – ou em sabores mais ácidos como o limão ou o vinagre.

Há sempre uma melhor opção

Naquelas situações em que não tem mesmo como evitar comer fora, ou comprar comida prefeita, faça por escolher a versão com menos sódio. É só uma questão de comparar rótulos e assumir que o caminho para a redução de sal é contínuo.


Artigo via Women’s Health Reino Unido

Brand Story