Menu
Inicio Running É assim que se deve preparar para correr durante a onda de...

É assim que se deve preparar para correr durante a onda de calor

Mantenha-se segura durantes as suas corridas.

correr
Pexels

Correr no calor não deve ser subestimado. De facto, a subida de temperatura pode ter consequências dolorosas. Mas será que isso significa que não o deveria estar a fazer? Não exatamente. Basta tomar medidas para evitar, a) ficar desidratada, b) sofrer uma insolação ou c) ficar com queimaduras solares.

Vamos correr através das coisas que precisa de saber para a manter a correr em segurança à medida que o verão avança. Isto inclui ser realista sobre o que se pode alcançar com o calor e, por vezes, ajustar o que se tinha planeado.

1. Hidrate-se de antemão

Água, água, água e mais água. Uma hidratação adequada é crucial quando se trata de manter o seu corpo feliz e saudável. Más notícias, não é suficiente beber um pouco de manhã, encher a sua garrafa de água e sair. É preciso ter a certeza de estar devidamente hidratada antes mesmo de pensar em correr.

2. Acerte no tempo

Percebemos que pode não ser uma cotovia matinal, mas começar o treino depois das 8 da manhã pode estar a prestar-lhe um mau serviço a si e ao seu corpo. Tente começar cedo. Corra o mais cedo que puder antes que o calor se torne demasiado intenso. Muita gente gosta de correr mais tarde à noite, mas na realidade é muito mais quente do que logo pela manhã.

3. Use a roupa certa

Alguns materiais são mais adequados para o calor e suor – o algodão não é um deles. Qualquer coisa de algodão absorverá o seu suor, tornando-a húmida e pesado em vez de a manter fresca e seca.

Isto é especialmente verdade no departamento do calçado. Use meias de correr concebidas para suar e não estilos feitos de algodão que se agarram ao pé e podem causar bolhas.

4. Faça aquecimentos mais longos

Embora pareça contraintuitivo duplicar o aquecimento quando já está quente, o aquecimento é na verdade ainda mais importante em temperaturas quentes. É necessário um aquecimento mais prolongado para ajustar o corpo ao calor e permitir que o ritmo cardíaco suba lentamente.

5. Ajuste o seu estilo de treino

Apesar de estar a correr 5 km há meses, ajustar a forma como treina com o tempo é a forma de manter o treino seguro e sustentável.

6. Aproveite o vento

Esta dica deve ser planeada antecipadamente, mas fará com que os últimos quilómetros da corrida saibam melhor. Comece com o vento atrás das costas para que quando estiver a regressar a sentir-se exausta e quente, tenha o vento na cara.

7. Leve um amigo

Escolher um colega de treino para treinar consigo pode ser uma das maiores coisas que vos mantém a ambos seguros ao sol. Poderão monitorizar-se um ao outro para detetar sintomas de insolação, exaustão de calor, queimadura solar e desidratação.

8. Evitar treinos competitivos

Isto pode parecer óbvio, mas os treinos competitivos em que se tenta vencer um amigo – virtualmente ou fisicamente – estão fora de questão.

9. Ouça o seu corpo

Resumindo, o seu corpo tem de trabalhar muito mais para correr com o calor: o seu ritmo cardíaco já estará mais elevado, uma vez que o seu sangue está a bombear para a superfície para arrefecer o seu corpo. Com isso em mente, preste atenção à forma como se sente e talvez tire partido de percursos mais curtos, com a mesma intensidade.

Brand Story