Menu
Inicio Saúde Dores nos rins ou nas costas? Aprenda a diferença

Dores nos rins ou nas costas? Aprenda a diferença

O que pode pensar que é um simples ajuste muscular pode, na verdade, ser uma questão mais profunda e urgente.

dor, costas, rins

Resolver o mistério de uma dor nas costas às vezes pode ser uma tarefa complicada. Especialmente se não houver uma lesão óbvia para explicá-la. Existem todos os tipos de nervos, articulações, ligamentos e músculos que podem ficar irritados e criar problemas. E, acredite ou não, certos órgãos também podem desempenhar um papel no que supõe ser uma dor nas costas normal.

Por exemplo, os rins. Estes órgãos em forma de feijão ficam em cada lado da coluna (logo abaixo da caixa torácica) e filtram o sangue de resíduos e água extra, expelidos através da urina. Quando bloqueados ou inflamados, pode sentir algumas dores incómodas. E esses são os tipos de agonias que precisam de atenção.

“O meio do rim em si não tem nervos”, diz Sabitha Rajan, especialista em medicina paliativa à revista norte-americana Prevention. “Portanto, sempre que há dor nessa área, significa que eles estão a esticar e a atingir os nervos [perto das costas]. E, geralmente, é algo sério”.

Quando não tratados, os rins inflamados podem causar danos renais, hipertensão e, em casos graves, falência de órgãos. É por isso que é importante saber quando a dor é uma pontada muscular que só precisa de repouso e ibuprofeno, e um problema renal que precisa da atenção do seu médico o mais rápido possível.

Mas como é que se percebe a diferença?

Para descobrir isso, vários especialistas da MCG Health – uma empresa de pesquisa que publica diretrizes baseadas em evidências e orientadas por dados para ajudar pacientes e médicos a trabalharem juntos para desenvolver planos de cuidados individualizados – falaram com a Prevention e explicaram como pode começar a identificar a sua dor nas costas, mas também explicam as possíveis causas, quando deve ir ao médico e o que pode esperar.

Quando se trata de diferenciar entre os dois, deve examinar dois fatores: a localização da dor e o tipo de sensações que está a ter.

Localização

A dor relacionada a uma distensão muscular ou tensão de ligamentos pode ocorrer em qualquer parte das costas, mas tende a ocorrer na parte inferior da coluna (também conhecida como região lombar). O motivo é: esta área suporta a maior parte do nosso peso quando realizamos as nossas atividades diárias, tornando-a mais vulnerável a lesões, rigidez e fadiga muscular. Se houver um problema de nervo, a dor também pode irradiar para baixo ou para uma das suas pernas ou pés.

A dor nos rins, por outro lado, manifesta-se no meio das costas e em ambos os lados da coluna.

Tipo de dor

A dor nas costas pode variar de uma sensação de queimadura aguda a uma dor grave. Também pode sentir dormência ou formigueiro nas pernas. A principal coisa a notar sobre a dor nas costas, no entanto, é que muitas vezes aumenta ou diminui dependendo de como se move, de acordo com Cheyenne Santiago, editora-chefe da MCG.

Mas a dor nos rins nem sempre pode ser detetada pelo toque. Especialmente se estiver a tentar fazer um exame físico sozinho. Em vez disso, deve fazer anotações mentais sobre a consistência das suas dores. Assim como a dor nas costas, a dor nos rins pode variar de leve a grave, mas “a dor nos rins é bastante consistente e não muda, independentemente do posicionamento [do corpo]”, explica Santiago.

Para além disso, a dor nos rins também costuma ser acompanhada por outros sintomas, tais como: urina sangrenta, escura ou turva e com um cheiro mais desagradável que o normal, dor ao urinar, pedras semelhantes a cascalho na sua urina, febre ou calafrios e náuseas.

Quais são as causas da dor nas costas e nos rins?

A dor nas costas ocorre com mais frequência quando as costas estão sobrecarregadas ou tensas. Como quando são frequentemente sujeitas a uma postura inadequada.

A dor nos rins pode ter várias causas, destacando-se:

Pedras nos rins:

São depósitos duros de minerais e sais que podem formar-se nos rins e criar dores excruciantes. “Se forem pedras muito pequenas, podem sair sem causar dor”, afirma Santiago. “Se forem maiores, a dor é bastante aguda e tende a vir em ondas”.

Infeção urinária grave

Às vezes, uma infeção do trato urinário (ITU) pode sair do controlo enquanto a bactéria prejudicial rasteja pela bexiga e sobe para os rins.

As ITUs que se transformam em infeções renais também têm maior probabilidade de causar febre, calafrios e náuseas.

Lesão

Os rins são protegidos pela caixa torácica e pelos músculos duros das costas. Por isso, as lesões renais não são muito comuns. Mas se gosta de desportos de contato, e tiver um acidente ou acaba em qualquer situação em que leva um golpe extremamente forte no flanco, pode causar danos em alguns órgãos.

Quando deve consultar o médico?

Dor nas costas

A dor nas costas pode ser extremamente frustrante, mas a boa notícia é: geralmente melhora sozinha. Os médicos do MCG sugerem evitar movimentos agravantes e experimentar calor, gelo ou anti-inflamatórios. Se não desaparecer dentro de seis a 12 semanas, consulte o seu médico.

Dor nos rins

Se suspeita que tem um problema renal, deve sempre marcar uma consulta com o seu médico. “Na verdade, qualquer pessoa que tenha sintomas de infeção do trato urinário deve consultar o médico para o diagnóstico correto”, diz Santiago.

O que pode esperar ao consultar o médico sobre dor nos rins?

Se vai consultar o médico sobre dores musculoesqueléticas regulares nas costas, o mais provável é que ele faça um exame físico para descobrir a causa do problema. E se eles acharem que é um problema mais sério, podem solicitar um ultrassom ou algum outro tipo de imagem.

Uma avaliação do rim pode envolver mais testes:

Primeiro, perguntam-lhe sobre os seus sintomas e se teve – ou algum familiar – algum histórico de problemas renais no passado. Em seguida, palparão a área acima dos rins e verificarão a sua pressão arterial e temperatura.

Depois disso, vão pedir para que urine para um copo. Com este teste, o médico está à procura de sangue microscópico ou cristais menores.

Se o seu médico estiver muito preocupado, pode fazer um ultrassom para observar a estrutura dos rins e verificar se há pedras.

Os médicos frequentemente prescrevem antibióticos para as ITUs. No caso de uma pequena pedra nos rins, podem simplesmente recomendar beber mais água e tomar analgésicos.

Brand Story