Menu
Inicio Nutrição Há dois tipos de queijo. Sabe qual é o mais saudável?

Há dois tipos de queijo. Sabe qual é o mais saudável?

Há dois tipos de queijo. Sabe qual é o mais saudável?

O queijo é dos alimentos mais comuns na alimentação dos portugueses… E não é difícil perceber porquê.

Além de ser bastante versátil e até prático, o queijo tem um sabor único e um efeito viciante.

Apesar de algumas opções serem ricas em calorias, existem também queijos bastante nutritivos e que fazem deste produto lácteo um aliado na alimentação saudável.

Mas, na maioria das vezes, o difícil é escolher.

“Quando vamos ao supermercado somos bombardeados com uma série de opções de queijos: em fatia, fresco, creme, magro, light, meio gordo… A oferta é tanta e é tanta a informação que é normal que gere confusão na hora de escolher”, começa por nos dizer a nutricionista Mariana Abecasis.

Mas, como podemos escolher o queijo mais saudável? Em primeiro lugar, devemos começar na análise do rótulo do produto.

Depois, importa ainda saber distinguir os dois tipos de queijo mais comuns.

 

 

Qual o queijo mais saudável?

Os dois tipos de queijo existentes dependem, sobretudo, das duas bases possíveis de composição: soro de leite e gordura do leite.

O queijo fresco e o requeijão, por exemplo, são feitos com base no soro do leite e, por isso, “são geralmente menos ricos em gordura e apresentam uma melhor relação gordura/proteína”.

Estes queijos, continua, apresentam uma “cor mais esbranquiçada e têm uma consistência mais mole à temperatura ambiente”.

Já os queijos feitos com base na gordura do leite, como é o caso do flamengo, parmesão e emental, são “mais amarelados e com uma consistência mais rija”.

Estes queijos apresentam “mais gordura na sua composição, sendo consequentemente mais calóricos”.

“Por serem uma fonte de gordura animal, os queijos de soro de leite são geralmente opções mais equilibradas para fazer parte da nossa alimentação no dia-a-dia, uma vez que são menos gordos, menos calóricos e apresentam uma melhor relação gordura/proteína”, explica.

 

Então, e os queijos para barrar?

Parte integrante da alimentação os portugueses, os queijos de barrar são a versão mais prática e versátil deste alimento, porém, podem conter “natas de adição para aumentar a cremosidade”.

Se são uma opção mais ou menos saudável, tudo depende do ingrediente base.

De acordo com Mariana Abecasis, “os queijos para barrar são um sucedâneo dos queijos e a sua composição nutricional varia consoante os tipos de queijo que lhe dão origem”.

Assim sendo, salienta, o teor de gordura pode variar, sendo, por isso, importante analisar sempre o rótulo.

 

https://www.womenshealth.pt/nutricao/receita-wh-tapioca-queijo-branco-banana-canela/

Brand Story