Menu
Inicio Uncategorized Dieta para a mente

Dieta para a mente

Nada mais errado do que canalizar todos os esforços físicos e mentais rumo a um objetivo vazio e desnutrido: o de parecer saudável, no matter what.

Mafalda Almeida
Dieta para a mente

Estamos praticamente no verão, o bom tempo já chegou. E é aqui que a maioria de nós começa a pensar nos quilos a mais, nas “asneiras” que cometeu, no que não devia ter comido (mas que soube tão bem!). Disfarçamos barrigas, bebemos detox atrás de detox, passamos fome e damos o litro no ginásio. Associamos a palavra ‘dieta’ à restrição de certos alimentos, a combinações de alimentos completamente loucas, e até à ausência do acto de comer. Vale tudo para que a aparência consiga ‘vender’ e comunicar uma mensagem de que somos saudáveis, felizes, que a nossa vida é maravilhosa e equilibrada. Nada mais errado, sabemos disso. Concorda comigo? Nada mais errado do que canalizar todos os esforços físicos e mentais rumo a um objetivo vazio e desnutrido: o de parecer saudável, no matter what.

Trabalhamos afincadamente no exterior, no corpo, na aparência. Bebemos soluções detox numa perspetiva de ficarmos com um organismo mais ‘limpinho’”, e principalmente com o objetivo de perder peso e volume. Certo. Até pode dar resultado, mas tenho uma má notícia para si: as probabilidades que volte tudo ao mesmo (ou pior!) são enormes. E porquê? Porque estamos a querer a todo o custo fazer mudanças ‘de fora para dentro’, e o caminho correto é exatamente o oposto: trabalhar ‘de dentro para fora’”, ou seja, emagrecendo através da nossa mente.

Quer outra má notícia? Isto é o que dá mais trabalho, por isso é que a grande maioria das pessoas opta pelos sumos e não pela meditação. Por isso é que a maioria das pessoas sabe as receitas dos sumos de cor e salteado, mas não é capaz de ter um vision board pendurado em casa.

Com isto quero dizer que os resultados sustentados a médio e longo prazo surgem sim, mas somente quando toda a mudança desejada tem início na nossa mente. Como? Fazendo um detox à mente numa fase inicial, e depois trabalhando toda uma projeção do que se deseja atingir (e sim, aqui também incluímos o corpo saudável e fit). É como se estivéssemos a ‘destruir músculo’ para depois voltar a construir uma massa mais saudável. Faz sentido para si?

E como se faz um detox à mente? Existem várias opções, e acredito que cada pessoa deverá encontrar as suas fontes de detox próprias. Existe quem faça meditação, existe quem se refugie na arte. Existe quem escreva, ou até quem dance. Tudo funciona, desde que sirva de base para a construção de algo mais benéfico, positivo e duradouro. Existe quem opte por contratar um Coach, que poderá iniciar o seu trabalho numa perspetiva de analisar as chamadas crenças limitadoras. Existem muitos ‘ingredientes’ mentais que ajudarão ao longo de todo o processo.

Não se entregue a soluções fáceis e vazias. Você merece mais que isso!

 

A especialista

Mafalda Almeida, Executive & Life Coach, formadora, palestrante, mentora, e autora do livro Veja em si a Melhor Mulher do Mundo.

Brand Story