Menu
Inicio Nutrição Dez passos para uma alimentação intuitiva

Dez passos para uma alimentação intuitiva

Esqueça as dietas e foque-se na intuição. Este é o conselho de vários nutricionistas que orientam o caminho para quem quer seguir esta estratégia.

Dez passos para pôr em prática a alimentação intuitiva

 

Esqueça as dietas. É num regime alimentar saudável que está o ganho. Assim lhe dirá a maioria dos nutricionistas. A não ser nos casos mais extremos, de quem tem necessariamente de perder vários quilos de forma rápida por questões de saúde, as dietas devem ser postas de lados.

Por um lado, tendem a ser bastante restritivas e por vezes resultam em carência de certos alimentos. Por outro, mesmo que levem ao objetivo de perda de peso, facilmente o indivíduo volta a recuperá-los, já que após o período de dieta não há grande orientação acerca da alimentação a seguir.

Por contraste, uma alimentação equilibrada e variada é a resposta que deve procurar. Assim, a solução está em dizer não às dietas e apostar na alimentação intuitiva – a sua intuição vai literalmente servir de base ao regime alimentar. Sem contagem de calorias nem restrição de alimentos, o foco está em ouvir o corpo.

Dê ao seu corpo o que ele pede

No seu estado mais básico, a alimentação intuitiva pretende que encontre o regime alimentar que melhor funciona com cada um. Se não tem fome, não coma. Se já está cheia, pare de comer. Esqueça as ‘regras’ de horários e doses pre-definidas: talvez comer de três em três horas não funcione consigo ou então o pequeno-almoço que pratica é demasiado pesado para o seu corpo.

Esta não é uma ideia propriamente nova, mas ganhou destaque por meio de várias publicações que recorrem a especialistas para provar que esta é uma fórmula ganha. pelo menos assim parece ser para quem se debate com dietas ioiô, é contra dietas ou já sofreu com algum distúrbio alimentar.

Em suma, nada como descomplicar. Percorra as imagens da galeria apresentada e saiba como por em prática a alimentação intuitiva.


Leia também:

Bacon a acompanhar a dieta, e depois?

Brand Story