Menu
Inicio Beleza Deve a esfoliação fazer parte da higiene íntima?

Deve a esfoliação fazer parte da higiene íntima?

A marca Jamu Stick diz que sim e lança o primeiro esfoliador vaginal. Mas a questão tem gerado discussões e separa a opinião de especialistas.

A nível de limpeza e higiene, a vagina é uma zona do corpo que carece de particular atenção. É alvo de dúvidas a nível de depilação, a melhor roupa interior ou mesmo o sabão mais adequado. Agora, vem a público mais uma questão: esfoliar. Sim ou não?

A resposta é não. Esfoliação é um processo de eliminação de células mortas do corpo, feita normalmente através de massagem. Mas a Jamu Stick, marca que lançou o objeto em questão, garante que uma vagina mais saudável passa por aí.

Na apresentação feita no próprio site, a marca garante que recorreu aos métodos usados há várias gerações por mulheres da Indonésia. Na recriação, usam-se oito extratos de plantas que prometem vários benefícios. Os preços começam nos 21€.

Menos fluidos vaginais, dores menstruais mais controladas e estreitamento da vagina são os principais resultados apontados, que são prometidos com um minuto de utilização, duas vezes por semana. Para tal, o Jamu Sticker deve ser inserido na vagina por um minuto, após lavagem com água abundante, durante o qual se pode rodar ligeiramente para evitar a sensação de paredes vaginais ‘presas’ ao objeto.

Esfoliação?

Este não será o termo mais indicado ao produto em questão já que, mesmo com massagem e eliminação de micróbios, retirar células mortas não é o principal foco da marca.

Mas a maioria dos que comentam a marca, reconhecem que esfoliar ou usar o Jamu Stick não é necessário. Aliás, não havendo comprovação destes benefícios, pode até ser algo perigoso para a saúde feminina.

As maiores críticas surgem a um dos supostos benefícios apontados: o de estreitamento da vagina. Ainda que este seja um aspeto real, principalmente depois de as mulheres darem à luz, não é uma caraterística por que passam todas as mulheres apenas por ter relações sexuais, algo que a Jamu Sticker defende.

“Espero que ninguém acredite nisto” ou “como assim Indonésia?!” são alguns dos comentários de contestação que se vê na página de Instagram criada há um ano.

Percorra as imagens da fotogaleria e saiba como deve garantir a higiene íntima.


Leia também:

Usa produtos de higiene íntima? É melhor não voltar a fazê-lo

Artigo via Women’s Health Espanha.

Brand Story