Menu
Inicio Gravidez Deseja ter um sono reparador pós-parto? Siga estes conselhos

Deseja ter um sono reparador pós-parto? Siga estes conselhos

O seu sono não tem de ficar ameaçado só porque foi mãe. Conheça algumas dicas que a vão ajudar a recuperá-lo.

Todas sabemos que a falta de sono tem consequências negativas para a saúde e que a maternidade é uma altura em que esta necessidade fisiológica pode estar comprometida ou, pelo menos, para muitas mães e pais é metida à prova.

O médico de medicina geral e familiar especializado em medicina nutricional e ambiental, Óscar Serrallach, concebeu um sistema com várias recomendações para ter um sono regenerador que de seguida partilhamos consigo.

Pode encontrar estes e outros conselhos no livro de Óscar Serrallach, A Cura Pós-Parto (Pergaminho, 17,70€).

A Cura Pós-Parto (Pergaminho, 17,70€)

Como conseguir um sono reparador

Limite a exposição à luz azul uma hora antes de ir para a cama

A melatonina é a hormona responsável pela regulação do ritmo circadiano – “o relógio do nosso corpo, que determina o ciclo de sono/vigília ao longo de um período de vinte e quatro horas”, lê-se no livro A Cura Pós-Parto. É sabido que a produção desta hormona é desencadeada pela exposição à luz, tanto na forma natural como superficial.

O facto de passarmos o dia e noite em contacto com a luz azul faz com o nosso ciclo de dia/noite fique todo baralhado.

Para combater este processo, Óscar Serrallach escreve as seguintes recomendações no seu livro:

  • Uma hora antes de se deitar use óculos com lentes cor de laranja que filtram a luz azul;
  • Instale lâmpadas com uma cor amarela ou alaranjada no seu quarto;
  • Certifique-se de que o seu quarto está o mais às escuras possível.

Melhore a sua higiene do sono

Óscar Serrallach descreve a higiene do sono como sendo um conceito médico que é usado para descrever rotinas típicas na hora de deitar. Por outras palavras, uma hora antes de se deitar tente respeitar uma rotina de sono.

Estas são as recomendações de Óscar Serrallach:

  • Reduzir o ruído em casa;
  • Evite qualquer atividade física pelo menos duas horas antes de dormir;
  • Antes de ir para a cama evite ir às redes sociais, ver filmes ou tratar de assuntos que sabe que irão roubar o seu tempo de descanso;
  • Tome um banho quente e mantenha o seu quarto organizo e confortável (feche todas as portas).

Modifique o que bebe e o que come antes de dormir

Evite fazer uma grande refeição pelo menos duas horas antes de ir para a cama. “Se tem fome antes de dormir, o melhor é comer um pequeno snack à base de proteína”, lê-se no livro. Além disso, não beba bebidas com cafeína depois do meio-dia.

Tome decisões sobre amamentar

Além de ser importante saber quantas horas dorme por dia, o especialista escreve no seu livro que é igualmente relevante saber quando é que deve parar de amamentar. “A Organização Mundial de Saúde recomenda o aleitamento até aos dois anos, mas no caso de uma mulher com exaustão pós-parto, seis a doze meses é suficiente. Se tiver de parar de amamentar porque está esgotada (ou por qualquer outro motivo), e especialmente se o bebé tiver mais de um ano, então deve parar!”, escreve Óscar Serrallach no seu livro.

O especialista adianta ainda que o bebé acorda à noite, umas vezes, porque tem fome, mas outras porque quer ser reconfortado sem ter a necessidade de uma refeição. “Não há nada de errado em mamar para acalmar, mas caso esteja esgotada e a precisar de dormir, isso não é bom para ninguém a longo prazo, incluindo o bebé”, lê-se no livro.

Brand Story