Menu
Inicio Living Decisões financeiras que deve tomar antes dos 30

Decisões financeiras que deve tomar antes dos 30

É entre os 20 e os 30 que temos de tomar algumas decisões financeiras. A Women’s Health listou as cinco mais importantes.

financeiras
iStock

É entre os 20 e os 30 que apostamos ‘todas’ as fichas na nossa carreira profissional e na construção de uma família. Mas é também nesta primeira década de vida adulta que temos de tomar algumas decisões financeiras. A Women’s Health listou as cinco mais importantes.

 

  1. Invista na sua formação

Esteja a dar os primeiros passos na carreira ou já leve alguns anos ‘de casa’, há um ditado que deve ser colocado sempre em prática: o saber não ocupa lugar. Invista em mais formação e especialização, especialmente se ainda não tiver construído uma família. Quanto mais know-how tiver, maior será a probabilidade de ter um salário mais generoso.

 

  1. Nem todas as dívidas são iguais

Não se deixe levar pela onda dos créditos que chegou a Portugal e seja inteligente nas compras que fez, especialmente nas que requerem um empréstimo bancário. Faça bem as contas ao que irá pagar na totalidade e às potenciais subidas de prestação. Créditos para férias? Jamais, a não ser que queria ficar uns cinco anos sem aproveitar o verão porque ainda está a pagar as férias de sonho… que só duraram 7 dias.

 

  1. Conta poupança… já!

Ainda é cedo para pensar na reforma, mas deve começar a poupar dinheiro assim que recebe o primeiro ordenado. Não precisa de fazer um grande esforço todos os meses, mas tente ser coerente e regular no montante poupado mensalmente. Do dinheiro que poupa, estabeleça um ‘montante de emergência’, sendo esse o valor que poderá usar num caso urgente.

 

  1. Invista na ajuda especializada

Não apenas para submeter o IRS, mas sim para conseguir ter um controlo total sobre o dinheiro que recebe anualmente e aquele que consegue colocar de parte.

 

  1. Poupe quase tanto como aquilo que ganha

Ok. Esta é a tarefa mais complicada de todas, mas, sem dúvida, a que traz mais resultados. Se está numa relação, vá morar com a sua cara-metade (sempre poupa na renda e nas despesas gerais), se consegue ir a pé ou de transportes para o trabalho, então deixe o carro na garagem. Quanto à alimentação, experimente levar marmita todos os dias e verão o seu subsídio de alimentação render durante mais tempo.

 

Artigo originalmente publicado na Women’s Health Austrália.

Brand Story