Menu
Inicio Treino Os benefícios inesperados de combinar CrossFit e Pilates para a sua coluna

Os benefícios inesperados de combinar CrossFit e Pilates para a sua coluna

Não é difícil adivinhar que a modalidade remete à junção de Crossfit com pilates. Saiba o que justificou esta união tão contrastante e o que daqui se pode retirar.

A justificação por detrás da criação desta nova modalidade é ideal para quem luta contra a falta de tempo. É que no meio da sua preenchida agenda de afazeres pessoais, profissionais e sociais resta-lhe pouco tempo para ir ao ginásio. Por isso pode ser difícil ter de optar entre uma ou outra aula de grupo. Ambas conta com benefícios de que quer usufruir, mas porque só tem uma hora, não consegue estar presente em ambas. Solução: unir estas duas mesmas aulas numa só.

Foi exatamente isto que fez a espanhola Miriam Carloes Tolrà. A fundadora do ginásio Dynamicore, em Barcelona, viu no Pilates e no Crossfit potencialidades de que não devemos prescindir. Por isso, criou uma aula que promete mudar o corpo de forma radical, levando-lhe ao limite, ao mesmo tempo que se controla a postura e o impacto.

Tal junção resulta em exercícios completos que assumem os movimentos lentos e controlados do Pilates a que se acrescentam os picos de intensidades dignos de qualquer momento de crosstraining como os burpees ou o kettlebell swing.

Porquê?

Além do aproveitamento máximo de tempo, Miriam admite que a criação desta modalidade vem da sua relação com o pilates, que ganhou através da sua formação em fisioterapia. Mas a própria sentia que esta modalidade não era suficiente para lhe levar ao limite, algo que procurava nos seus treinos. Foi por isso que começou a praticar CrossFit, mas o seu olhar clínico levava-a a questionar certos exercícios cujo impacto poderia ser prejudicial ao corpo humano. A solução: CrossPilates.

Para quem?

Tal como acontece no CrossFit, o CrossPilates é feito de exercícios bastante exigentes, mas cada movimento conta com possíveis alternativas mais fáceis para que todos possam lá chegar.

É também para todos no sentido em que não exige conhecimento prévio de pilates nem de CrossFit. Assim, como garante a fundadora da modalidade: numa mesma aula podemos encontrar um atleta em excelente forma física, uma grávida e alguém com 50 anos. “Todos eles praticam os mesmos exercícios com diferentes adaptações segundo as suas necessidades”, conclui.

Artigo via Women’s Health Espanha

Brand Story