Menu
Inicio Nutrição 5 conselhos (e duas receitas) para ser vegan

5 conselhos (e duas receitas) para ser vegan

A alimentação vegan tem sido associada a vários benefícios para a saúde. Desde a melhor performance cardiovascular à prevenção do cancro, passando por uma pele mais brilhante e uma energia quase inesgotável, são muitos os motivos para deixar de lado todo e qualquer alimento de origem animal.

Contudo, é preciso ir com calma.

Uma vez que a alimentação vegan requer mudanças de hábitos e até algum conhecimento mais aprofundado sobre alimentação, importa analisar os prós e contras e, sobretudo, perceber se é o caminho a seguir.

A pensar em todas as pessoas que pretendem adotar uma alimentação vegan, Rita Parente e André Nogueira – autores do livro Vegan Para Todos – revelaram à Women’s Health cinco conselhos infalíveis.

(E, claro, duas receitas que a vão deixar deliciada! Veja-as nas imagens acima).

 

5 Conselhos para se iniciar na alimentação vegan

#1

Não colocar as expectativas muito além do que é possível ou aceitável. Tudo o que envolve mudanças de rotina exige força, tempo, paciência, abertura de mente”, diz Rita Parente.

#2

Ouvir o corpo. Este ponto liga-se ao primeiro, pois para não criar expectativas deve-se ouvir o corpo”, refere André Nogueira.

#3

Não tentar seguir exatamente o que se vê no Instagram e afins. O que dá para uma pessoa pode não funcionar para outro. Dê tempo e respeite-se a si mesma”, diz Rita. “É preciso ter bom senso e ver se se adapta à sua realidade”, continua a André.

#4

Recolher informação. Informação é poder é preciso ser intensivo, procurar várias fontes e chegar às próprias conclusões, porque vai haver sempre estudos financiados que contrariam outros estudos financiados”, destaca Rita. “Não há um estudo universal que dê para todas as pessoas, cada um tem o seu próprio corpo, por isso, cada um deve encontrar o seu ‘cantinho'”, frisa André.

#5

“É preciso arriscar na cozinha, algumas pessoas fecham-se logo numa primeira ideia de que não gostaram de algo que já comeram. Experimentem outra vez e de outra forma”, aconselha Rita.

 

https://www.womenshealth.pt/nutricao/vegan-diversao-saude-sem-fundamentalismos/

 

+WH: Vegan e atleta? Claro que é possível!

Brand Story