Menu
Inicio Living Os conselhos de Michelle Obama para namoros modernos

Os conselhos de Michelle Obama para namoros modernos

Michelle Obama este à conversa com Conan O’Brien e partilhou como deve ser construída uma relação amorosa em 2020.

Michelle Obama
Fotografia de Miller Mobley. Styling de Meredith Koop

O podcast do Spotify de Michelle Obama tem sido utilizado pela antiga primeira-dama dos Estados Unidos para discutir tópicos como o racismo, depressão e saúde mental. Recentemente, a mulher de Barack Obama usou a plataforma para dar conselhos sobre relacionamentos amorosos. E sobre o casamento também, se for algo que está a pensar fazer no futuro.

Durante o sexto episódio do seu podcast, Michelle Obama teve como convidado o apresentador de televisão norte-americano Conan O’Brien. Falaram sobre as diferenças entre homens e mulheres no que diz respeito ao casamento e à rapidez com que desejam comprometer-se.

A autora do livro Becoming fez questão de mencionar, durante a conversa, que “sempre soube” que se queria casar. Enquanto Barack Obama estava um pouco mais hesitante porque os seus pais se divorciaram e os avós tiveram um casamento difícil. Conan O’Brien, por outro lado e em forma de piada, disse que não estava pronto para se casar antes dos 30 anos.

“Acho que a inclinação de um homem para esperar é um bom instinto. E mais mulheres jovens deveriam adota-lo”, referiu Michelle Obama.

No entanto, a advogada advertiu que nenhuma relação é fácil. Recordou ter passado momentos em que “queria empurrar o Barack pela janela”.

“O Barack e eu separamo-nos continuamente, ao longo do nosso casamento, mas temos um relacionamento muito forte. E se eu tivesse desistido, se me tivesse afastado dele, naqueles tempos difíceis, eu tinha-o perdido”, disse.

Michelle acredita que o casamento é baseado no compromisso e trabalho árduo, aconselha ainda que se deixe de usar as plataformas de namoro online.

“Quer construir algo com alguém? Não há nenhuma maneira mágica para fazer isso acontecer. Exceto aprender o básico para encontrar alguém, ser honesto sobre querer estar com essa pessoa; planear um compromisso; namorar com a pessoa e ver o que pode acontecer”, aconselhou. “Não pode confiar no Tinder para um relacionamento de longo prazo”.

Brand Story