Menu
Inicio Living Competem em concurso de beleza para desafiar os padrões sociais

Competem em concurso de beleza para desafiar os padrões sociais

Este concurso de beleza pretende mostrar que todas as mulheres são lindas e que os conceitos de beleza precisam de ser alterados, numa ode ao amor-próprio.

Competem em concurso de beleza para desafiar os padrões sociais

O conceito de beleza é subjacente e algo que se transfigura com o passar do tempo. No entanto, algumas pessoas nunca chegam mesmo a sentir-se bonitas e os concursos de beleza podem funcionar para agudizar essa questão. Foi exatamente por isso que Rochelle Barrett decidiu criar um concurso de beleza para todas as mulheres, especialmente as que tenham sofrido algum tipo de problema físico.

O Unique Beauty Pagent UK, no Reino Unido, é justamente um concurso de beleza dedicado a mulheres que tenham sofrido algum tipo de desfiguração ao longo de vida. De entre as concorrentes, há mulheres que sofreram queimaduras graves, por exemplo, colocando em causa os padrões de beleza estabelecidos pela sociedade de hoje.

É exatamente este o caso de Rochelle que, aos 30 anos, sentiu a necessidade de criar a competição. Esta é, então, uma tentativa de mudar a forma como as pessoas entendem a beleza, numa época em que os estereótipos de beleza são facilmente passados através das redes sociais.

Negando a ideia de que o fim último é a perfeição, todas as concorrentes são bonitas de uma forma única, mesmo com as suas limitações físicas.

Como em todos os concursos, neste também houve uma vencedora. A eleita foi Lauren-Marie Cross, de 22 anos que, segundo noticia o Daily Mail nasceu com uma má-formação na face denominada fissura palatina, situação que fez com que tivesse uma deformação labial.

Conheça, na galeria, as mulheres incríveis que foram finalistas deste concurso.


Leia também

Sofreu bullying por ter manchas no corpo. Hoje é modelo

 

Brand Story