Menu
Inicio Treinos em Casa Treine como Halle Berry e perca 250 calorias em 15 minutos

Treine como Halle Berry e perca 250 calorias em 15 minutos

“As minhas pernas ardiam e os meus braços pareciam estar em chamas. Eu nem queria acreditar”

@halleberry

Antes de começar a trabalhar com meu treinador Peter, há cerca de cinco anos, eu nem tinha uma corda de saltar – não era assim que eu fazia cardio. Mas contar saltos rapidamente se tornou uma parte natural da minha rotina de treinos: Ajuda no trabalho com os pés, o que é essencial para modalidades que pratico como boxe e artes marciais. Além disso, faz o coração bater mais rápido.

Agora, estou totalmente obcecada com os saltos à corda. Assim que encontro o meu ritmo, vou para um lugar zen. Eu simplesmente desligo do mundo e continuo a saltar até que o Peter me diga para parar.

Normalmente, incorporamos 500 saltos nos meus aquecimentos. É assim que me preparo para o treino que se segue, porque uso o meu corpo inteiro de maneira coordenada com cada balanço da corda e salto do chão.

Como bónus, saltar à corda também gasta muita energia. Se conseguir, pode queimar quase 1.000 calorias numa só hora.

Recentemente, decidi juntamente com o Peter aumentar a intensidade dos meus treinos de 20 minutos, fazendo da corda de saltar a protagonista. O meu treinador está sempre a dizer-me para mudar os treinos. Diz-me que desafiar o corpo de novas maneiras é fundamental para quem quer continuar a ver resultados.

Por isso, depois de ver a minha publicação do ‘desafio da almofada’, no Instagram, ele desafiou-me a completar 1.500 saltos à corda. Sim, 1.500.

Por culpa deste desafio, tornei-me incrivelmente competitiva. Se me desafiarem com algo, o meu ego e o meu orgulho entram em ação e eu aceito o desafio: sempre para ganhar.

No tal desafio, parti o total em três séries de 500 saltos. Assim que encontrei o meu ritmo, consegui fazer 100 saltos sem perder o ritmo. Ao todo, levei cerca de 15 minutos para chegar aos 1.500. (Queimei mais de 250 calorias no processo, segundo Peter). No final, as minhas pernas estavam a pegar fogo e os meus braços ardiam de uma forma que nem acreditava.

No final, fiquei surpresa com o quão divertido – e difícil – acabou por ser! Eu realmente me esforcei e foi provavelmente um dos exercícios cardiovasculares mais árduos que já fiz. Por dois (talvez três) dias depois, mal me conseguia sentar, estava TÃO dorida. Mas eu adorei porque sabia que tinha dado um bom boost ao meu corpo!

View this post on Instagram

A post shared by Halle Berry (@halleberry)


Este artigo foi escrito por Halle Berry. Produtora, diretora e atriz. Escreve semanalmente uma coluna de opinião na WH americana e não falha as publicações do Instagram de #FitnessFriday. É com este hastag que partilha um olhar pessoal sobre a sua própria saúde e boa forma. Falo juntamente com dicas, truques e conselhos usados por ela própria.

Brand Story