Menu
Inicio Treino Como assim, terapia da dança?

Como assim, terapia da dança?

A Women’s Health falou com duas dançaterapeutas que explicam porque é que quem dança seus males espanta. Renda-se à terapia e experimente estes exercícios.

Como assim, terapia da dança?

Quem dança, seus males espanta… literalmente! Quem o diz é Isabel Figueira e Ema Inácio, dança-terapeutas do Terra.Corpo, com quem a Women’s Health falou sobre a Dança Movimento Terapia.

Dança Movimento Terapia é…

“O resultado de um processo em que bailarinos e pessoas da Medicina, sobretudo da Psiquiatria e Psicanálise, começaram a perceber o valor do movimento na expressão emocional. Os bailarinos vão valorizando mais a expressão individual e o conteúdo emocional, (deixando de lado o aspeto técnico da dança) e os psiquiatras e psicanalistas percebem que há pacientes para quem o uso da palavra é difícil mas que os gestos, as posturas, os olhares falam…. e como falam!”

A quem é indicada?

“Indicada para problemas de autoimagem, stress pós-traumático e em patologias em que haja dificuldades de comunicação verbal”.

Como decorrem as sessões?

“É uma psicoterapia, não há receitas. Parte da observação do movimento do grupo, de uma análise da comunicação não-verbal a decorrer e dos objetivos da terapia. Há várias abordagens e depende da personalidade das pessoas. O que importa é uma excelente formação, para que o/a psicoterapeuta possa comunicar, sempre, nos dois níveis, verbal e não-verbal, ajudando os pacientes a integrarem as suas vivências, a tomar consciência e a verbalizar, sempre que possível, o que até aí não era possível dizer.

Mas também pode acontecer ficarmos sempre na dimensão não-verbal e tudo fi ar no nível do simbólico – depende das pessoas… A DMT é uma abordagem psicoterapêutica que utiliza o movimento para comunicação de experiências pessoais e na comunicação entre terapeuta e paciente. Se a pessoa quer dançar para exprimir algo pode fazê-lo, mas não tem de o fazer. Pode desenhar ou conversar, só que o corpo e o movimento entra na conversa e também é “ouvido” pelo psicoterapeuta, que tem treino para isso. Essa é a grande dimensão de novidade na Psicoterapia”.

Vai experimentar? A par disso, também o seu treino pode tirar proveito desta teoria. Prepare o seu corpo de bailarina com o plano de mobilidade e flexibilidade de 15 minutos que lhe apresentamos na galeria de imagens deste artigo. Foi criado por Astrid Swan, personal trainer de celebridades como, nem mais nem menos, a bailarina Julianne Hough!


Leia também:

Como a música é o segredo para o melhor sexo

Brand Story