Menu
Inicio Nutrição Como ‘comer tudo o que quer’ sem sofrer as consequências

Como ‘comer tudo o que quer’ sem sofrer as consequências

Sair do sono com uma sensação de tristeza, coração acelerado e medo do dia que aí vem? Saiba o motivo.

comer natal

Nesta temporada de final de ano é normal que queira desfrutar ao máximo, também, à mesa, com todos os pratos típicos das festas natalícias. Mas sabemos que, por vezes, este é um tema que lhe gera um pouco de preocupação, por não querer sofrer grandes consequências tendo em conta o esforço de todo o ano.

Privar-se de grande parte destas comidas é a solução? Esta é possivelmente a grande questão que agora lhe está a surgir na mente. Por um lado, sabe que no equilíbrio é que está o ganho. Por outro lado… YOLO.

Entendemos o seu lado, e é por isso que partilhamos consigo as dicas de Erick Castelán sobre como consumir tudo o que quiser sem sofrer as consequências do sobrepeso.

Estas são as estratégias a adotar, segundo o especialista:

– Sirva-se de porções um pouco mais pequenas do que é recomendado. Não vai comer menos, pelo contrário, mas visto que nestes jantares é comum a refeição ser servida em buffet e que se vai servir mais do que uma vez…

Tenha como referência o equivalente a ¾ da sua mão. Assim não estará a exagerar se se servir mais do que uma vez

– … mas não abuse. Três pratos cheios deverá ser o limite para que não exceda o número de calorias aconselhadas

– Se já consumiu alimentos altamente calóricos, procure não repeti-los todos os dias. Haverá certamente alternativas por que optar sem que tenha de se ficar pelas saladas

As massas são das maiores fontes de hidratos de carbono e embora se apresentem frequentemente com alguma proteína (seja galinha, pescado ou outra), não é mais saudável do que comer a proteína e os hidratos em separado

– Um prato demasiado condimentado? Faça soar os alarmes. Normalmente indica altos níveis de gordura.

Artigo via Women’s Health México

Brand Story