Menu
Inicio Perder Peso A cirurgia bariátrica não chegou, mas conseguiu perder 90 kg

A cirurgia bariátrica não chegou, mas conseguiu perder 90 kg

Ao ver uma montagem do antes e depois de Jessica Valitutto, é normal que sinta necessidade de olhar uma segunda e terceira vez para confirmar que é a mesma pessoa.

Em oito anos de um caminho que ainda não está finalizado (nem nunca estará, já que os hábitos são para toda a vida), a brasileira perdeu 90 kg. O processo foi – e ainda é – de altos e baixos. Mas de um aspeto não restam dúvidas: não há cirurgia que substitua o esforço da atividade física.

Foi em 2010 que se viu obrigada a tomar a decisão: “viver, morrer, ou pior, estar morta em vida?” Na altura tinha 20 anos e 150 kg. As tentativas de perda de peso falhadas, com que perdeu mas voltou a recuperar 40 kg, fizeram-na desmotivar. O vício em medicação que prometia o emagrecimento também não ajudou. Por isso, a alternativa parecia estar unicamente na cirurgia bariátrica.

Certa dos riscos e do facto de o sucesso não ser garantido, decidiu arriscar na operação em que parte do estômago é retirado, com o objetivo de diminuir a quantidade de calorias ingeridas e, assim, favorecer a perda de peso. Esta é uma cirurgia de risco e apenas indicada a quem sofra de obesidade de nível 2, ou mais. E este era, de facto, o caso de Jessica, que sofria de obesidade mórbida.

 

Uma partilha inspiracional

No seu Instagram, partilha o seu dia-a-dia baseado em treinos, alimentação saudável e frases inspiracionais. Tudo isto, com base no fit e ideia de superação. Jessica estava ciente de que o mais comum é sofrer uma grande perda de peso nos primeiros três meses que se seguem à cirurgia.

Do mesmo modo, sabe que apenas 10% dos que se submetem a tal tratamento têm sucesso. O motivo? Falta de restrições impostas ao novo estilo de vida. Como o estômago é um músculo, não havendo cuidados é normal que este volte ao tamanho inicial.

Com o esforço máximo na sua fase de recuperação, Jessica Valitutto sentiu-se frustrada pela falta de resultados com que contava. Era preciso mais e os médicos diziam-na aquilo que já sabia: a solução tinha de passar pelo ginásio.

Os treinos, a par da alimentação, tornaram-se a base do seu quotidiano que se orgulha de partilhar com os mais de 900.000 seguidores.

Depois de perder toda a massa gorda que considerava estar a mais, Jessica focou-se nos treinos de força. Assim, atingiu os 60 kg de forma saudável e natural.

Com mérito próprio

Sem esconder que passou por algumas cirurgias estéticas, a fit girl brasileira garante que não fez lipoaspiração. Além da remoção de peles, fez uma mastopexia (cirurgia que eleva os seios) com aplicação de prótese mamária.

As cicatrizes são-lhe um orgulho e apesar dos comentários negativos que recebe às fotos da fase em que era obesa, não deixa de as partilhar. Outra ‘luta’ a que se expôs ao partilhar a sua história nas redes sociais foram as críticas à cirurgia bariátrica.

Muitos são os que apontam o tratamento como o caminho mais fácil, que assim ‘qualquer um consegue’ e que é mais fácil para quem tem dinheiro. Contra isto, são várias as publicações em que Jessica esclarece que o caminho não é de todo fácil. As publicações de treino provam de que há de facto bastante trabalho para chegar e manter ao corpo que inspira centenas de seguidores.

Percorra as imagens da fotogaleria e conheça a evolução de Jessica Valitutto.

Brand Story