Menu
Inicio Gravidez Catarina Gouveia: “Sinto-me muito melhor depois de treinar do que antes”

Catarina Gouveia: “Sinto-me muito melhor depois de treinar do que antes”

A atriz, que já está de 32 semanas, falou com a Women’s Health sobre a sua relação com o exercício físico.

Catarina Gouveia já fazia treinos consistentes antes da gravidez. Chegou a treinar com um personal trainer, mas desde do início da pandemia que treina sozinha e foi, a partir daí, que surgiu a força de vontade que é necessária para se começar a treinar sozinha em casa, porque existem diferenças entre treinar no ginásio ou em casa. “No ginásio acionamos um gatilho: ‘ok estás no ginásio, agora treinas’. Treinar em casa requer uma força extra”, diz a atriz.

Embora o treino esteja sempre presente na vida da atriz, esta teve de fazer algumas adaptações desde que soube que estava grávida. “Logo nas primeiras consultas, a minha médica aconselhou-me a não trabalhar de uma forma mais localizada a zona abdominal”, conta-nos Catarina Gouveia que está grávida de 32 semanas.

As adaptações, que começaram logo no primeiro trimestre de gravidez, foram retirar todos os impactos do treino, ou seja, saltos, corrida, essencialmente atividades que criam impacto e movimento. “Eu treinava com muita carga e diminuí consideravelmente as cargas”, diz.

“Faço treinos de musculação, mas com cargas mais leves e acessíveis, treino de uma forma muito intuitiva e faço treinos que respeitam o que naquele dia o meu corpo está a pedir”, conta Catarina Gouveia.

Os benefícios

Em duas palavras, a atriz diz que o que a motiva a ir treinar são a sua disciplina e a sua força de vontade que, segundo a própria, são determinantes para o seu treino. “Sinto que muitas vezes não me apetece, mas tenho esta disciplina tão presente e esta força de vontade tão vincada que penso que não é pelo que me apetece, mas sim pelo que tem de ser feito. Sinto-me sempre muito melhor depois de treinar do que antes”.

“É importante que conversas como as nossas aconteçam para que se desmistifique esta ideia e para que as mulheres se sintam inspiradas e motivadas a fazer exercício físico”.

Para Catarina Gouveia, treinar é muito importante para o seu lado mental e emocional. Além de que os benefícios não são só para si. “Uma mãe que produz mais endorfina, é um bebé com certeza mais contente”, afirma a atriz.

Mas existem muitos mais benefícios de se praticar exercício físico durante a gravidez. “Ao combater o sedentarismo, também estamos a contribuir para uma recuperação do nosso cansaço físico que acaba por se tornar mais presente à medida que a barriga vai crescendo e quanto mais aptas estivermos fisicamente, melhor lidaremos com esse acréscimo de peso”, explica Catarina Gouveia.

Além disso, a atriz diz esperar que o seu pós-parto seja muito mais facilitado devido à boa preparação física que fez durante a sua gravidez.

O estigma do treino e um conselho

Ainda existem muitas mulheres que não praticam exercício físico por terem receio que seja perigoso. Catarina Gouveia diz-nos que ainda sente muito que este estigma esteja presente. “É importante que conversas como as nossas aconteçam para que se desmistifique esta ideia e para que as mulheres se sintam inspiradas e motivadas a fazer exercício físico”, afirma.

Para quem nunca praticou exercício físico e está grávida, Catarina Gouveia aconselha a ouvirem um profissional de saúde, para perceberem se estão aptas ou não e que comecem por atividades mais ligeiras como uma caminhada, pilates ou yoga.

Brand Story