Menu
Inicio Treino #EuTreinoEmCasa: Está na hora dos burpees

#EuTreinoEmCasa: Está na hora dos burpees

Quem por aí é fã deste completo exercício?

#EuTreinoEmCasa: Está na hora dos burpees

Odiado pelo esforço mas adorado pelos resultados… não duvide. Com este único exercício é possível ficar em forma!

Nós reconhecemos: estamos perante uma relação de amor-ódio. E, tal como todas as relações do género, há coisas boas e coisas más. Neste caso, a parte má passa, muitas vezes, por achar que o coração lhe vai saltar do peito, enquanto luta contra as vozes da sua cabeça que lhe dizem para desistir.

A parte boa? Vale muito a pena

Forte e tonificada da cabeça aos pés! “O burpee é um exercício multiarticular que trabalha o corpo todo. Conseguimos, por isso, ativar os músculos das coxas (parte anterior e posterior), das pernas, dos glúteos, do peito, dos ombros, dos braços e do core. Por isso, é um must em praticamente qualquer processo de treino”, confirma César Cerqueira, movement & performance coach e posturologista clínico.

Para além disso, por usar vários grupos musculares em simultâneo, o burpee tem efeitos no aumento do gasto energético. “Segundo a Universidade de Harvard (EUA), uma pessoa com 65 kg pode perder 240 calorias num programa de 30 minutos com exercícios calisténicos, como o burpee”, reforça o especialista.

E, se é a rainha das desculpas, saiba que este exercício é à prova disso, já que o pode fazer em qualquer lugar e sem quaisquer acessórios.

Aqui, compilamos diferentes variações, umas mais fáceis que outras, para o comprovar por você mesma! Da versão fácil à mais difícil, escolha o seu tipo de burpee e realize o máximo de repetições que conseguir em 60 segundos. E não salte para o nível mais avançado se ainda não conseguir fazer corretamente o de iniciado. A ideia é progredir e sentir os resultados sem ser interrompida por uma lesão.

Preparada para conhecer as variações do Burpee?

Clássico:

Em pé, coloque os pés afastados à largura dos ombros e os braços ao lado do corpo. Mova as ancas para trás e agache até apoiar as mãos no chão. Salte, fazendo com que os dois pés alcancem o chão, acabando em posição de flexão. Inverta rapidamente o movimento, de modo a ficar de pé, na posição inicial.

Com Salto:

Fique de pé, mantendo os pés afastados à largura dos ombros e os braços ao lado do corpo. Mova as ancas para trás e agache até apoiar as mãos no chão. Salte, fazendo com que os dois pés alcancem o chão, acabando em posição de flexão. Inverta rapidamente o movimento, de modo a ficar de pé. Dê um salto de imediato e leve as mãos acima, batendo uma palma

Com flexão:

Fique de pé, mantendo os pés afastados à largura dos ombros e os braços ao lado do corpo. Mova as ancas para trás e agache até apoiar as mãos no chão. Salte, fazendo com que os dois pés alcancem o chão, acabando em posição de flexão e fazendo efetivamente uma. Inverta rapidamente o movimento, de modo a ficar de pé, na posição inicial.

Flexão com salto:

Fique de pé, mantendo os pés afastados à largura dos ombros e os braços ao lado do corpo. Mova as ancas para trás e agache até apoiar as mãos no chão. Salte, fazendo com que os dois pés alcancem o chão, acabando em posição de flexão e fazendo efetivamente uma. Inverta rapidamente o movimento e leve as mãos acima, batendo uma palma

Com uma Perna:

Fique de pé, com apenas um deles apoiado no chão. Mantendo um pé no chão e outro elevado, agache o máximo que conseguir até apoiar as mãos no chão. Salte, de forma a ficar em posição de flexão apenas com um pé no chão. Inverta o movimento para voltar à posição inicial. Repita com a outra perna e continue, alternando

Com um braço:

De pé, mantenha os pés afastados à largura dos ombros. Mova as ancas para trás e agache até apoiar uma mão no chão ao centro do corpo. Salte, fazendo com que os dois pés alcancem o chão, acabando em posição de flexão. Inverta rapidamente o movimento para voltar à posição inicial. Repita com o outro braço e continue, alternando.

Brand Story