Menu
Inicio Living Sofreu bullying por ter manchas no corpo. Hoje é modelo

Sofreu bullying por ter manchas no corpo. Hoje é modelo

Jovem foi apelidade de ‘dálmata’ e sofreu bullying. Agora ultrapassou os traumas, é modelo e tem uma conta de sucesso no Instagram com mais de 100 mil seguidores.

Com mais de 100 mil seguidores no Instagram, uma influencer nascida com uma mancha na pele, que se estende às suas costas, usou a rede social para desabafar sobre finalmente se sentir sexy, depois de vários anos a ser maltratada.

Yulianna Yussef foi apelidada de “dálmata” por causa de seus nevos melanócitos congénitos (NMC)– pintas escuras formadas pela acumulação anormal de melanócitos em determinadas partes do corpo. Aos 25 anos, Yulianna finalmente afirmou estar feliz e essa felicidade aconteceu depois de ter perdido a vergonha e de ter começado a postar no Instagram. A jovem sente-se agora mais confiante e segura de si própria.

“Eu queria ser feliz, saudável, sentir-me bonita, confiante e sexy na minha própria pele e agora sinto-me assim. Mas tem sido um longo caminho até aqui”, explicou numa entrevista a uma publicação internacional.

Bullying ao longo da vida

Ao lembrar a sua infância, Yulianna admitiu ainda que não dava muita atenção à sua marca de nascença, até chegar aos oito anos. Foi a partir daí que se percebeu que as pessoas reparavam nas imperfeições da sua pele. Alguns pais de outras crianças chegaram até a impedi-la de brincar com seus filhos, com medo de que a jovem tivesse uma doença contagiosa.

No auge do bullying, por volta dos 14 anos, a jovem costumava ficar dentro de casa, saindo apenas durante a noite, por fim a evitar comentários menos agradáveis e olhares cruéis.

Com o passar dos anos, recebeu também alguns conselhos para remover suas marcas com cirurgia. “Eu pensava que os rapazes nunca iam ter nada comigo porque tinham a escolha de fica com uma miúda ‘normal’, com a pele perfeita”, relembra na mesma entrevista. “Eu era um dálmata, uma girafa, uma vaca, estava suja… As pessoas pensavam que, se falassem comigo, as minhas marcas de nascença passariam para elas”.

Depois de anos a esconder a verdade da sua pele e a ter medo do que as pessoas poderiam falar, descobriu que a única forma de seguir em frente seria aumentar sua autoconfiança. E o fez!

Numa das publicações no Instagram, Yulianna afirma mesmo que para ela, ser sexy é sobre ser esperta e autossuficiente. A confiança é tudo para esta jovem que acrescenta ainda a importância de não ter medos desnecessários.

Veja na galeria acima algumas fotografias da modelo e influencer que pretendem ser uma verdadeira ode ao amor-próprio e aceitação do corpo.


Espelho meu, espelho meu… (haverá melhor reflexo do que eu?)

Artigo via Women’s Health

Brand Story