Menu
Inicio Beleza Deve mesmo dizer ‘não’ aos químicos na cosmética?

Deve mesmo dizer ‘não’ aos químicos na cosmética?

Tire as suas dúvidas!

Deve mesmo dizer 'não' aos químicos na cosmética?

Pele sensível, poros dilatados e acne são algumas das reações provocadas por determinados produtos de maquilhagem. E tudo à boleia de químicos, químicos e mais químicos que fazem parte das formulações da maquilhagem e da cosmética usada no dia-a-dia.

Para dar um descanso à sua pele pode optar por alternativas mais naturais, como a maquilhagem mais natural. Falamos da beleza mineral e beleza orgânica. Mas também da vegan.

A maquilhagem e a cosmética mineral é formulada à base de minerais 100% puros, como o zinco ou o magnésio e pigmentos puros como óxido de ferro e mica, extraídos da natureza, de forma natural. Já a orgânica garante que nenhum dos ingredientes usados nos produtos esteve em contacto com pesticidas.

Por não possuir produtos químicos, normalmente presentes na maquilhagem convencional (tais como o talco, óleos e fragrâncias artificiais, conservantes sintéticos e parabenos), este a maquilhagem natural acaba por ser a mais indicada para peles sensíveis e oleosas com tendência acneica.

Uma das outras vantagens é que os produtos têm uma maior durabilidade na pele. Os minerais ajudam a controlar e a absorver a oleosidade, tornando a maquilhagem mais resistente e de longa duração.

 

Beleza Vegan. Sim! Pela pele e pelos animais

A acompanhar a tendência na mudança de hábitos alimentares e vida saudável, surge uma maior consciencialização para a questão dos testes em animais.

E é aqui que entram os cosméticos e a maquilhagem vegan. Por vegan entendem-se os produtos que não testam em animais e que excluem da sua formulação qualquer produto de origem animal direta ou indireta).

Os produtos cujos ingredientes não são de origem animal nem foram testados em animais têm no rótulo a inscrição vegan. Além desse rótulo, a embalagem vem acompanhada de um desenho de um coelho a saltar com duas estrelas (símbolo oficial de não testado em animais).

 

Desperte as células mãe

A ciência não está de costas voltadas ao poder da natureza. Pelo contrário! Das algas, raízes, sementes, frutos e plantas extraem-se células que se destacam pelas propriedades regenerativas – as células estaminais vegetais.

Com uma enorme capacidade de se autorregenerarem e de dar lugar a novas células, são devido a isso cada vez mais utilizadas na cosmética, sendo já significativos os seus efeitos ao nível da reparação de danos no tecido cutâneo e na prevenção do envelhecimento precoce da pele.

São vários os tratamentos e muitos os produtos que beneficiam de extratos de células estaminais de plantas, bem conhecidas pela sua resiliência a condições ambientais e climatéricas adversas.

 

Leia também

https://www.womenshealth.pt/beleza/tudo-precisa-saber-extensao-pestanas/

Outros Artigos


Outros Conteúdos GMG

Brand Story