Menu
Inicio A WH testou #aWHtestou. Experimentei sutiãs desportivos para peito grande

#aWHtestou. Experimentei sutiãs desportivos para peito grande

Quem tem o peito maior, sabe bem a dificuldade que é arranjar um sutiã desportivo. Experimentámos quatro sutiãs de marcas diferentes. Eis o resultado.

A escolha do sutiã ideal é muito importante para quem tem o peito grande (que é o meu caso). Porém, não é uma tarefa simples, principalmente se for um sutiã desportivo. Encontrar o tamanho correto, um bom suporte, o conforto necessário e, ainda, ter que conjugar todas estas características é algo que, por vezes, pode ser complicado.

Por isso, fui experimentar quatro sutiãs desportivos de diferentes marcas e características em situações de treino distintas, desde treino de força, a aulas de cycling e treinos de full body. Este foi o resultado.

Skyrocket, Saucony, 34€

De todos os sutiãs que experimentei este é claramente o mais confortável. À primeira vista, quem olha para este sutiã, poderá achar que não terá muito suporte para sustentar um peito mais volumoso, mas é um erro de perceção. Além de ser extremamente confortável (o tecido parece quase uma segunda pele), através de aulas de total condicionamento e da corrida na passadeira, comprovei que o Skyrocket da Saucony tem um suporte muito elevado.

O tecido feito de nylon e reciclado tem bastante elasticidade, o que é mais um ponto a favor para este soutien. Esta característica faz com que esta seja uma peça muito fácil de vestir, algo que para mim é importante, pois eu gosto de roupa prática e confortável e não gosto de perder tempo a vestir-me.

Conforto: 8/10

Suporte: 7/10

Facilidade em vestir: 9/10

Design: 6/10

Qualidade vs. preço: 9/10

Luxe Run Fastimpact, Adidas, 85€

Este sutiã surpreendeu-me pela sua versatilidade e recomendo-o para desportos de alta intensidade ou de impacto, pois no que diz respeito ao suporte, foi o que se destacou mais dos restantes. A própria marca refere que este sutiã foi feito para desportos de impacto elevado, como running, boxe, basquetebol ou futebol e que o seu nível de suporte é ideal para “atletas com tamanhos de contorno e copas maiores”.

Usei-o no mesmo contexto em que usei o sutiã da Saucony, à exceção de que com este também fiz aulas de dança com algum impacto.

Outro dos destaques muito importantes é que pode apertar ou alargar a peça mediante pormenores ajustáveis nas alças do ombro e no peito. O Luxe Run Fastimpact tem uns colchetes na faixa elástica que facilitam ainda mais este ajuste – detalhes importantes para quem tem o peito maior.

Conforto: 7/10

Suporte: 9/10

Facilidade em vestir: 8/10

Design: 9/10

Qualidade vs. preço: 7/10

Mid Impact all-in Long Line Bra, Puma, 33€

O destaque deste sutiã vai para o seu design e, também, para a sua elasticidade que proporciona um conforto e facilidade a vestir. Além disso, o seu design quase se confunde com o de um top simples, pois é mais comprido do que os sutiãs de desporto tradicionais.

Usei este sutiã em treinos de força e também numa aula de boxe que foi um verdadeiro teste à capacidade de absorção de humidade de qualquer sutiã deste tipo. Posso afirmar que passou no teste e que em comparação com os restantes, este é o que absorve melhor a transpiração.

Conforto: 8/10

Suporte: 5/10

Facilidade em vestir: 9/10

Design: 9/10

Qualidade vs. preço: 9/10

NB Pace Bra 3.0, New Balance, 28€

Em formato T na parte de trás, achei que este sutiã trazia muita estabilidade para o treino. O pior que pode acontecer enquanto estamos a treinar é distrair-nos e se não estivermos confortáveis com aquilo que temos vestido é isso que vai acontecer. O destaque vai claramente para o seu design e também para o conforto, pois o seu material adapta-se muito bem ao corpo e é muito fino.

Usei-o para atividades de médio impacto, mas também acho que pode ser uma boa opção para fazer yoga.

Conforto: 8/10

Suporte: 5/10

Facilidade em vestir: 8/10

Design: 9/10

Qualidade vs. preço: 9/10

Brand Story