Menu
Inicio Nutrição Amêndoas ou Pistácios: Quem ganha a batalha da saúde?

Amêndoas ou Pistácios: Quem ganha a batalha da saúde?

Os pistácios não estão no top dos frutos secos que não despensa? Depois de ler este artigo é bem possível que ganhem espaço – com e sem casca.

Quais são os benefícios de comer pistácios (e de outros frutos secos)? Quando quer algo saudável, crocante e fácil de comer em qualquer lugar, frutos secos de todos os tipos – amêndoas, amendoins, pistácios, castanha de caju – são uma ótima opção. E, considerando que as nozes são boas fontes de gordura, fibra e proteína – além de várias vitaminas e minerais diferentes – realmente podem fazer muito bem à sua saúde.

Já para não falar das pesquisas que sugerem que comer frutos secos pode ajudar a proteger o organismo de problemas cardiovasculares como doenças cardíacas ou pressão arterial alta, além de diabetes tipo 2. Os frutos secos podem até ajudar a manter um peso saudável.

No entanto, alguns frutos secos são mais saudáveis do que outros. As amêndoas, em particular, são as dominantes entre estes alimentos maravilha, dominando até o corredor dos laticínios, graças a todas as alternativas de leite e iogurte à base de amêndoa que existem por aí hoje em dia. Enquanto isso, os amendoins – que são tecnicamente leguminosas – atraem a atenção de muitas pessoas que procuram uma dieta saudável.

Mas quais são os benefícios do pistácios?

Embora possam não ser tão modernos quanto as amêndoas, os pistácios são realmente muito bons. “Os pistácios têm muito a ver com a saúde”, diz Kim Larson, Nutrition Coach da Total Health, em Seattle (EUA). Sem mencionar que eles são simplesmente deliciosos!

Quando quer comprar pistácios, normalmente tem de escolher entre duas opções diferentes: sem casca ou com casca. E as características nutricionais de cada opção são diferentes. De acordo com a nutricionista e porta-voz da Academia de Nutrição e Dietética Sonya Angelone, os pistácios são uma boa fonte de fibra, proteína, minerais como o magnésio e o cobre, vitamina E, folato e compostos naturais que ajudam a baixar o colesterol denominados esteroides vegetais. “Esta também é uma boa fonte de gorduras monoinsaturadas saudáveis”, acrescenta a especialista.

Fonte sólida de fibra

A fibra é importante em diversos aspetos da sua saúde, como manter o trato intestinal a funcionar corretamente e ajudar a manter um peso saudável. E os pistácios fornecem bastante fibra! Como a fibra melhora a saciedade, os pistácios podem ajudar no controlo do peso, se consumidos nas quantidades apropriadas.

Menos calorias do que a maioria dos frutos secos

Embora, no papel, os pistácios contenham 159 calorias por punhado, estudos sugerem que podem, na verdade, conter 5% menos calorias do que aquilo que pensávamos.

Antioxidantes

“Devido à sua cor roxa e verde, os pistácios podem ter mais antioxidantes e efeitos anti-inflamatórios do que outros frutos secos”, explica Angelone. Essas cores são causadas pelos nutrientes luteína (que está relacionada com betacaroteno e vitamina A) e antocianina.

Auxiliares de sono

Curiosidade surpreendente sobre os pistácios: Eles contêm melatonina, um hormona que regula o ciclo do sono. “Comer um punhado de pistácios é como tomar um suplemento de melatonina”, afirmou Angelone à WH.

Cuidado extra com as doses

Em comparação com outros frutos secos, os pistácios têm um bom equilíbrio de proteínas e gorduras, o que pode ajudar a manter a saciedade. Além disso, comê-los com casca também ajuda a evitar excessos.

Gorduras saudáveis

Graças às gorduras saudáveis (principalmente monoinsaturadas e polinsaturadas), comer pistácios pode melhorar sua saúde a longo prazo. Especialistas acreditam que essas gorduras podem ajudar a diminuir o colesterol LDL (o mau), reduzindo o risco de ataque cardíaco e derrames, podendo ter um papel importante no desenvolvimento e manutenção das células.

Além disso, as gorduras polinsaturadas contêm ácidos graxos, essenciais para o funcionamento do cérebro. “Comê-los pode ajudar a retardar o declínio cognitivo relacionado à idade”, sugere Larson.

Então, qual é a maneira mais saudável de comer pistácios?

Para começar, pode sempre optar por comê-los puros. No entanto, se quiser ser um pouco mais criativa, esmague alguns pistácios e use-os como crosta na preparação da carne. Eles também são um ótimo complemento para praticamente qualquer receita saudável de biscoitos ou bolos à qual normalmente adiciona nozes.

Fã de granola caseira? Experimente adicionar pistácios à mistura para tornar as coisas mais “extravagantes”, crocantes e proteicas.

Artigo via Women’s Health

Brand Story