Menu
Inicio Treino Alongar para ser mais flexível (em 14 dias)

Alongar para ser mais flexível (em 14 dias)

Costuma deixar os alongamentos para segundo plano? Faz mal! Um bom alongamento é tudo o que precisa para ter um corpo mais tonificado a longo prazo.

Alongar para ser mais flexível (em 14 dias)

Para a maioria de nós, alongar depois do treino é sempre aquele momento de ‘seca’. Ainda por cima, muitas vezes, não há tempo para isso, Porém, substituir um dia de treino normal por um treino de alongamentos pode ser tudo o que precisa para ficar mais ágil e tonificada.

De forma simplificada, podemos dizer que para ganhar músculos novos o corpo tem de produzir novas proteínas de colagénio. Quanto mais treino de força e exercícios repetitivos fizer, mais colagénio irá produzir. Como consequência, os músculos irão ter menos elastina e o corpo tende a ficar mais rígido. Por outras palavras, todos os treinos de musculação com movimentos repetidos que anda a fazer podem estar a acabar com a sua elasticidade e flexibilidade.

E é sobre isto que este artigo trata: voltar a recuperar a sua flexibilidade! Assim que o fizer, vai se sentir mais ágil. Além disso, vai tornar os exercícios de força bem mais fáceis de serem feitos, reduzindo o risco de lesões desnecessárias. Durante as próximas semanas, siga este plano de alongamentos e veja a sua capacidade física (e a silhueta) melhorar a olhos vistos… É hora de alongar!

O seu plano de duas semanas

Inclua cada sessão de 15 minutos no final do seu treino de cardio ou musculação. Faça cada exercício de respiração durante 5 inspirações. Para os restantes, faça 8 repetições, mudando de lado a partir da quarta. Cada repetição deve durar 30 segundos (não chegue ao ponto de desconforto). E só vai precisar de um colchão de treino.

Semana 1

Rotação de costas: (a) Apoie o joelho direito no chão e deixe a perna esquerda totalmente reta. As palmas das mãos ficam apoiadas no chão e alinhadas com os ombros. (b) Puxe o quadril para a frente (em direção ao joelho direito) e levante o braço esquerdo para o teto. Olhe para cima em direção à mão. Inverta o movimento para regressar ao início.

Respiração pela barriga: (a) Deite-se de costas com as pernas fletidas a 90º e apoie os pés na parede. (b) Inspire profundamente até a barriga ‘inchar’ e esvazie-a totalmente na expiração.

Mobilização dos glúteos: (a) Comece na posição de quatro apoios com os pés cruzados. (b) Sem mexer as mãos, empurre o rabo em direção aos pés e depois regresse à posição inicial. Troque o pé cruzado a partir da 4.ª repetição.

Agachamento profundo com elevação do quadril: (a) Comece com um agachamento profundo. Os ombros ficam para trás e o peito para cima. A seguir, segure os dedos dos pés com as mãos. (b) Levante o quadril e estenda as pernas o máximo que conseguir. Inverta o movimento para regressar ao início.

Semana 2

Respiração pela barriga, sentada no chão: (a) Sente-se no chão com as costas apoiadas na parede e os joelhos o mais próximo possível do peito. Estenda os braços para a frente. (b) Inspire profundamente (deixe a barriga inchar) e depois expire.

Pombo dinâmico: (a) Comece na posição de prancha alta. Flita o joelho direito atrás do pulso direito e deixe o pé ficar virado para dentro. Empurre os glúteos e o joelho esquerdo em direção ao chão. (b) Faça uma pausa durante uma inspiração, regresse à posição inicial e troque de lado.

Mulher-aranha dinâmica: (a) Comece me posição de prancha alta. Posicione o pé direito ao lado da mão direita e deixe o peso do seu próprio corpo ‘empurrá-la’ para a frente. (b) Regresse à posição inicial e repita para o outro lado.

Agachamento profundo com rotação: (a) Num agachamento profundo, segure os dedos dos pés com as mãos e mantenha o peito aberto. (b) Levante o braço esquerdo acima da cabeça e levante a sua mão o mais alto que conseguir. E já sabe: acompanhe-a sempre com o olhar.

Resta saber quanto tempo alongar:

Manter um alongamento por mais de 60 segundos antes de um treino de musculação pode ser prejudicial para os músculos. Em contrapartida, alongar no fim do treino pode prevenir lesões e até impedir as dores musculares no dia a seguir. A recomendação ideal em termos de alongamentos é simples: mantenha cada posição durante 20-30 segundos no máximo. Mas sempre que sentir desconforto durante um alongamento, não o deve manter para não prejudicar o músculo que está a ser alongado

Brand Story