Menu
Inicio Novidades Airbnb vai oferecer alojamento gratuito a 100 mil refugiados ucranianos

Airbnb vai oferecer alojamento gratuito a 100 mil refugiados ucranianos

À medida que mais pessoas procuram abandonar a Ucrânia devido ao ataque russo, o número de refugiados dispara.

Ucrânia

Imagens da Ucrânia mostram o desespero dos civis. Carros formam procissões ao longo das estradas, movimentando-se lentamente e parando completamente, mas ainda assim viajando em direção à esperança de segurança e de um futuro livre da agressão russa.

Temos visto famílias destroçadas, crianças inocentes feridas, e a comunidade com o desejo de defender o seu país e a democracia em geral. Mas como a Rússia continua a sua invasão da Ucrânia com uma agressão crescente e agora, mesmo com a ameaça de armas nucleares, a situação que se está a desenrolar não é apenas de guerra mas uma questão humanitária com graves consequências para a crise dos refugiados.

Como relata o jornal ABC, “cerca de 368 mil pessoas fugiram dos combates na Ucrânia”, segundo dados fornecidos pelas autoridades à agência das Nações Unidas para os refugiados.

Enquanto o mundo procura formas de apoiar e fazer doações após a invasão russa, a Airbnb anunciou que irá oferecer alojamento gratuito e temporário para até 100 mil refugiados da Ucrânia. A plataforma sem fins lucrativos de aluguer de casas foi criada para fornecer ajuda habitacional durante crises internacionais e fará parceria com agências para alojar refugiados ucranianos em todo o mundo.

O custo das estadias será coberto pela Airbnb, doadores para o fundo de refugiados e anfitriões que ofereçam alojamento com desconto ou gratuito, de acordo com o jornal The Guardian. Numa declaração, a empresa afirmou: “sabemos que os anfitriões na Airbnb e os convidados em todo o mundo estarão ansiosos por apoiarem este esforço maciço e, nos próximos dias, a Airbnb planeia partilhar detalhes sobre como os anfitriões na Airbnb e a comunidade em geral podem apoiar esta iniciativa”.

Para aqueles que querem apoiar, a airbnb.org tem uma série de opções para os que procuram envolver-se, seja em hospedar ou simplesmente em doar.

A equipa da Airbnb está também a trabalhar arduamente para aumentar o seu impacto, cobrindo todos os custos operacionais para tornar isso possível e contribuindo com 400 mil ações para ajudar a financiar o trabalho necessário da sua equipa de peritos.

Os esforços terão de continuar em todo o mundo, uma vez que a situação só parece piorar na Ucrânia. As autoridades ucranianas disseram que mais de 4,5 milhões de pessoas poderão ser forçadas a fugir das suas casas se os combates se espalharem nos próximos dias. O número de civis mortos já subiu para pelo menos 352, segundo o ministério do Interior da Ucrânia.

Brand Story