Menu
Inicio Living Agora é que é! – editorial do diretor

Agora é que é! – editorial do diretor

É inevitável: novo ano, novos objetivos. Mesmo perante a incerteza relacionada com a Covid-19, manda a ‘tradição’ que façamos uma série de resoluções. Despir o velho, vestir o novo. E isso é sempre positivo. Faz-nos bem estruturar novas metas, sejam elas pessoais ou profissionais, mas faz-nos efetivamente melhor se agirmos com a persistência de as querer efetivamente alcançar. Há quem recomece a treinar após anos de paragem, quem tente deixar de fumar, quem ambicione ter um filho, quem queira mudar de casa, quem decide casar… O problema é que ainda não chegámos ao fim de janeiro e metade dessas resoluções já caíram por terra. Voltam as rotinas aborrecidas de sempre, certo? Pois, mas esta Women’s Health vai tentar ajudá-la a lutar contra a maré. O nosso objetivo é claro: dar-lhe bases para se libertar de vez dos maus hábitos. Parar de fumar. Voltar a treinar. Passar a comer de forma equilibrada. Deixar de ser workaholic ou ‘teleworkaholic’. Gerir o stress a seu favor. Ser mais feliz na sua relação. Enfim, queremos acompanhá-la ao detalhe, com conteúdos úteis que facilitem a concretização das suas principais ambições para 2021.

É certo que a decisão principal tem de partir de si. Querer mudar algo, físico ou não, deve ser sempre um processo consciente. É você que tem de querer mudar o agora e de visualizar os benefícios que espera ter assim que o conseguir. Perceber o que tem de fazer para alterar hábitos que agora lhe são prejudiciais e querer, efetivamente, sair da zona de conforto. Não a vamos deixar desistir à primeira ‘crise’. Queremos, isso sim, que vá à luta. Se depois não conseguir, não se preocupe. Tentou, e isso certamente já a deixará mais fortalecida.

Não podia deixar de vos desafiar a ajudarem-me a concretizar uma das minhas resoluções de ano novo: contribuir para termos um país mais saudável! E isso passa por sermos porta-vozes do estilo de vida saudável, e também por darmos o exemplo. O desafio é que sejamos cada vez mais pessoas a mostrar que ser mais saudável não pode ter rótulos, nem desculpas associadas. Procurarmos a nossa versão mais healthy, de dentro para fora, tornar-nos-á seres humanos mais equilibrados do ponto de vista físico, emocional e até social. O impacto das emoções positivas no nosso ‘eu’ – ou no ‘novo eu’, aquele que idealizámos para 2021 – irá refletir-se em melhores níveis de energia, comportamentos mais positivos, menos stress e mais tolerância no nosso dia a dia. Estão a ver quando se fala em estarmos ‘de bem como a vida’? É mesmo isso, não é mito. Portanto, ainda se lembra das resoluções que traçou na passagem de ano? Não desista. Lute por elas. Faça-o por si!

Um fantástico 2021 para todas!

Pedro Lucas, diretor

Brand Story