Menu
Inicio Living A trabalhar na cama? Estes exercícios podem ajudar

A trabalhar na cama? Estes exercícios podem ajudar

Depois de um dia inteiro a trabalhar na cama, o seu corpo já começa a queixar-se, certo? Saiba o que pode fazer.

iStock

Os dias em casa sucedem-se e a motivação para sair do conforto da cama nem sempre aparece. Se dá por si a trabalhar frequentemente a partir da cama, saiba que este hábito pode ter consequências negativas na qualidade do sono, humor, produtividade e, sobretudo, na postura.

Entre mantas e almofadas, trabalhar na cama afeta especialmente a zona do pescoço, ombros e costas, isto devido à falta de apoio. Adicionalmente, também o facto de manter as pernas esticadas, e a cabeça tendencialmente inclinada para baixo, exerce pressão contínua sobre o sistema nervoso, sobrecarregando-o.

Por forma a potenciar o seu bem-estar, reunimos alguns exercícios que vão mitigar os efeitos físicos de trabalhar a partir da cama. Acredite, o seu corpo vai agradecer. E, vá por nós, o yoga pode ser um aliado.

Está na hora de levantar

Comece com algo simples: sente-se numa cadeira, coloque as mãos sobre as coxas e gire os ombros para a frente e para trás. Execute cada movimento lentamente e sinta os seus músculos a contrair e a relaxar.

Encontre um par de collants velhos (caso não tenha bandas elásticas) e aproveite a mesma posição para soltar os ombros tensos. Para tal, deve segurar bem os collants entre as mãos e erguer os braços para o teto, mantendo a tensão no tecido. Rode os braços para trás, até as suas mãos se aproximarem do fundo das costas e, de seguida, volte a rodar para a frente, até as suas mãos chegarem às coxas. Não se esqueça de respirar fundo enquanto realiza o exercício.

Se estiver a sentir-se bem, complete o momento de alongamento com algumas posições de yoga, como a postura da criança (joelhos e mãos devem estar pousados no chão, enquanto inspira e vai descendo o quadril até ficar sentada sobre os calcanhares com os braços esticados para a frente) ou a postura da cobra (deitada de frente, com as mãos e as pernas apoiadas no chão, deve fazer um arco com as suas costas e erguer a cabeça para o teto).

Vá mais além!

Para lá dos alongamentos, deve ter em mente que o hábito de trabalhar na cama faz com que o corpo perca massa muscular rapidamente, pelo que é aconselhado incluir exercícios de força ou musculação na sua rotina diária.

Agachamentos e flexões são uma ótima opção para alongar a região lombar, assim como outros exercícios com peso corporal.

Se é fã de desafios, pode optar por exercícios como a prancha frontal ou a prancha de glúteos (deitada no chão com as palmas das mãos apoiadas no chão e joelhos ligeiramente dobrados, empurre os quadris para cima, em direção ao teto), para fortalecer a zona pélvica e as costas.

Se, por acaso, passa demasiadas horas sentada, fique a saber que a saúde das suas costas pode ficar comprometida. Temos aqui alguns conselhos que lhe podem ser úteis.

Brand Story