Menu
Inicio Covid-19 7 dicas para ressuscitar a vida sexual durante o confinamento

7 dicas para ressuscitar a vida sexual durante o confinamento

Se perdeu a libido durante a pandemia, descubra como ressuscitar o desejo sexual

7 dicas para ressuscitar a vida sexual durante o confinamento

Há quase um ano que a pandemia tem vindo a alterar hábitos e prioridades na vida da população mundial. Seja a cuidado pela saúde de quem a rodeia, o stress financeiro ou as saudades de tomar um café numa esplanada, a verdade é que ninguém fica indiferente à situação vivida. Era de esperar que a vida sexual durante o confinamento compensasse algumas faltas do quotidiano, porém a realidade é outra.

Claro está que este momento não é o ideal para conhecer um novo parceiro, nem mesmo para aparecer em casa do atual, mas falamos dos casais que vivem juntos e se deixaram afetar pela monotonia, exaustão ou até mesmo pelos filhos em telescola.

O que levou ao decréscimo da vida sexual, durante o confinamento?

As pessoas estão esgotadas, física e psicologicamente, dizem os especialistas. Ora, essa falta de energia associada à monotonia vivida, diminui o desejo sexual e, consequentemente, o sexo. Sem esquecer que ver o companheiro, e ser vista, sempre de pijama pode não ser propriamente excitante.

Se tenta conjugar o teletrabalho com cuidar dos filhos, é normal que a vida sexual fique para segundo (terceiro ou quarto) plano, até que atinge uma fase de extinção. Profissionais da área não escondem que o desejo sexual e a excitação vêm do sistema psicológico, logo viver constantemente preocupada com a ameaça vivida é um grande turn off.

A boa notícia é que tudo muda, está a passar por uma fase efémera. No entanto, pode fazer pequenas mudanças que podem ajudá-la a ressuscitar a vida sexual. Deixou passar o Dia dos Namorados? Não se preocupe, o amor deve ser celebrado todos os dias e vai a tempo de se ‘redimir’.

Comece como e quando se sentir confortável. Não se deixe levar pela pressão do que acha que deve, ou não, fazer. O importante é que converse com a sua cara-metade e discutam ideias de como apimentar a relação. Pode sempre experimentar uma nova posição sexual, contudo sugerimos que leia as próximas dicas.

1. Pare e conecte-se

O melhor para começar é simplesmente parar e conectar-se olhos nos olhos com o parceiro. O diálogo é a base de uma boa relação, por isso não se esqueça de fazer aquele check-in básico e perguntar-lhe se está tudo bem. Certifique-se que têm tempo de qualidade juntos, quanto mais não seja semanalmente, a fim de manterem essa ligação. Saiam para caminhar ou, na impossibilidade de deixarem os filhos sozinhos, tentem passar algum tempo no quarto sozinhos. Lembre-se que mais conexão leva a mais desejo sexual.

2. Envie uma mensagem atrevida

Podem estar a partilhar a casa, mas não precisam de partilhar o mesmo escritório. Trabalhem a partir de quartos separados e não tenham medo de aderir ao ‘sexting’. Vista-se para sair e mande mensagens com teor sexual a relembrar, por exemplo, um momento em que fizeram bom sexo. Estes pequenos esforços podem criar mais sentimentos de desejo quando acabarem o dia de trabalho e ‘chegarem’ a casa.

3. Partilhe uma memória hot

Teve mais um dia cansativo e não se sente capaz de desempenhar uma boa performance física? Crie um ambiente sexual de outra forma. Não precisam de tirar a roupa, basta ficarem deitados na cama a falarem sobre uma memória sexual que ambos partilham, ou uma fantasia. Se ideias lhe faltam, opte por ler contos eróticos em voz alta – há imensos online – ou ouvir um podcast com o mesmo tema. Ainda que não acabe a noite em sexo, o desejo estará mais vivo.

4. Experimente ‘dirty talk’

Quer durante os preliminares, quer durante o sexo, experimentem trocar elogios, perguntar como o outro se sente e vocalizar como se está a sentir durante a atividade sexual, verbalizando pedidos sexuais. Se não se sentir confortável em ter conversa ‘suja’ nem sexy, mantenha a simplicidade. Pode restringir-se aos típicos ‘mais rápido’, ‘mais forte’, ‘mais’, etc.

5. Dê uma oportunidade ao ‘roleplay’

Isto é, à encenação. Usem a imaginação e explorem que fantasias resultam melhor convosco. Podem escolher os clássicos como médico e paciente, mas também podem fingir que ambos são estranhos e se encontram pela primeira vez.

6. Teste o jogo de poder

Outra forma de apimentar as coisas com algo novo é brincar com quem tem o poder. Lá fora pode dominar o mundo, mas nada a impede de ser submissa no quarto. Ou vice-versa. Pode pedir que lhe toque de certa forma, com um tom mais assertivo, para começar.

7. Veja pornografia

Tal como as anteriores, esta dica não é para todos. Mas se quiser tentar, pode ser muito excitante assistir a pornografia acompanhada. Não precisam de recriar o filme, experimente antes masturbação mútua enquanto assistem. Pode mesmo ser o ponto de viragem na vida sexual enquanto casal.

Brand Story