Menu
Inicio Nutrição 5 chás caseiros para desinchar, de acordo com uma nutricionista

5 chás caseiros para desinchar, de acordo com uma nutricionista

Barriga inchada? Estes chás podem ser a melhor solução.

O inchaço é uma das maiores preocupações das mulheres e dos fatores que, talvez, mais interfere com o humor e bem-estar.

São muitas as razões pela qual alguém pode ter um inchaço repentino e cada pessoa reage de forma diferente. Mas os motivos mais comuns podem estar associados diretamente ao que faz no seu dia-a-dia. Se por exemplo consome alimentos que causam retenção de líquidos ou anda a exercitar-se pouco, então preste atenção.

A nutricionista Luna Azevedo, conhecida por atender algumas celebridades como Yasmin Brunet, deu algumas dicas de chás caseiros, bons para desinchar.

 

Chá de cavalinha

Promove uma limpeza natural do organismo. Além disso é também responsável pela expulsão do líquido que fica retido nos tecidos corporais, que provoca o inchaço no corpo. Para fazer o chá, use 500 ml de água para cada duas colheres de sopa da erva.

 

Chá de abacaxi

Este chá ajuda o corpo a desinchar, diminuindo a retenção de líquidos do corpo. Além disso, o chá de abacaxi melhora o funcionamento do corpo, principalmente do trato digestivo. Basta ferver a casca em conjunto com um litro de água.

 

Chá de dente de leão

Possui diversas propriedades diuréticas. Além disso também protege o fígado contra os efeitos da ingestão de bebidas alcoólicas. Faz-se utilizando a planta seca e deixando-a em infusão numa chávena de água quente por uns minutos antes de coar e beber.

 

Chá verde

Este chá é conhecido por ter uma ação diurética e, através dela, há uma diminuição do acúmulo de líquido e substâncias nocivas à saúde. No entanto, este é um chá que deve ser evitado por quem tem sensibilidade à cafeína.

 

Chá de hibisco

Possui ação diurética, digestiva, laxativa e termogénica. Basta ferver um litro de água e colocar duas colheres de sopa de hibisco. De seguida, deixe a mistura na infusão por aproximadamente 15 minutos.

Artigo via Women’s Health, Brasil.

Brand Story