Menu
Inicio Moda É assim que vai conseguir o armário de roupa de treino perfeito

É assim que vai conseguir o armário de roupa de treino perfeito

Independentemente do tipo de treino que pratique, há que ter todo o material impecável, para que tudo corra às mil maravilhas e com ainda mais gosto em se exercitar.

roupa de treino

Não importa o quanto gostamos de nos manter ativas, montar o guarda-roupa de treino perfeito pode ser um desafio quando se trata de detalhes. Falamos de pequenas (grandes) dificuldades como encontrar leggings à prova de agachamentos ou da garantia de que tem todos os acessórios necessários antes de entrar no ginásio.

Não entre em pânico. Basta seguir estas dicas de profissionais de fitness. E prepare-se para suar – com as suas novas roupas de treino, é claro.

  1. Comece pelo sutiã perfeito

Não importa que tipo de treino pretenda seguir. Vai lutar até se encontrar a peça ideal, com que se sente confortável e com o apoio certo.

Experimente várias opções e veja o que é melhor – pule um pouco ou corra na loja para ver se aquele sutiã realmente cumpre a sua função. Se tem um peito maior, é igualmente importante experimentar vários modelos e não ficar-se por ‘um qualquer’ indicado a copas maiores.

“Eu recomendo procurar um sutiã desportivo que seja do tamanho de uma copa real, em vez de um genérico pequeno, médio ou grande”, diz a personal trainer e fundadora do treino TSC Method Tashi Skervin-Clarke.

Para treinos de Yoga, ou qualquer outra modalidade em que tenha de inverter o corpo, certifique-se de que seu sutiã tem suporte suficiente para evitar problemas durante tais posições. Opte por um estilo de corte mais alto com alças mais grossas.

  1. Encontre o seu estilo

Desde que o seu equipamento de treino seja confortável para a atividade escolhida, não há maneira certa ou errada de se vestir, por isso não tema o polícia da moda.

“Gosto de usar roupas esvoaçantes; portanto, quando ensino e pratico ioga, basicamente visto pijamas!”, diz a professora de ioga Annie May Rice.

Pense nos estilos com que se sente melhor no seu dia-a-dia e reproduza os looks em versão fit. Sejam mangas largas, com capuz, coletes, tops com decote alto, camisas curtas, etc.

  1. Cuide dos seus pés

Se correr, precisará de um par de sapatilhas adequado, não há dúvida. Os seus pés são a base de tudo, portanto, qualquer falta de apoio ou problema com o calçado pode levar a desconforto ou lesões mais altas.

Por esse motivo, opte por um par que atenda às suas necessidades. Esqueça as tendências ou o que parece ser melhor. Correr é tão pessoal e técnico, é como encontrar um sapato que funcione para você ”, diz Tashi.

Se estiver com um orçamento limitado, faça das sapatilhas a única peça em que vai investir. Tudo o resto não terá qualquer relevância se não correr com as sapatilhas certas.

Embora o running seja a modalidade que mais destaque merece pelas marcas de calçado, o cuidado não se fica por aí. Atente-o também caso treine CrossFit, cardio no ginásio ou levantamento de pesos.

  1. Adira à tecnologia

Se já fez um treino longo com uma camisola velha, saberá o difícil que é lutar contra o atrito.

Para evitar tal desconforto, procure tecidos técnicos, como aqueles que misturam nylon e elastano, e permitem que a humidade escape, mantendo-a a uma temperatura confortável.

E não pense que tais peças de lycra a vão fazer parecer que saiu de um videoclipe dos anos 80. Atualmente, o vestuário técnico de desporto é muito mais chique.

Artigo via Women’s Health Reino Unido

Outros Artigos


Outros Conteúdos GMG

Brand Story