Menu
Inicio Saúde 4 factos sobre saúde que aprendemos em 2019

4 factos sobre saúde que aprendemos em 2019

4 factos sobre saúde que aprendemos em 2019

Todos os dias surgem novos estudos e novas conclusões de investigações que têm vindo a ser feitas ao longo de anos e até mesmo décadas. Se quer aproveitar esse conhecimento para ter mais saúde em 2020, então fique a par de quatro factos sobre saúde que aprendemos em 2019.

Doar sangue faz bem

A doação de sangue ajuda a manter o sistema circulatório saudável, ao reduzir os depósitos de ferro. Segundo um estudo publicado na revista JAMA, foram avaliados 1.277 indivíduos que sofriam de doença arterial periférica, um problema que reduz o fluxo sanguíneo nos membros. As colheitas de sangue foram realizadas com intervalos de seis meses, ao longo de seis anos. Os investigadores concluíram que as colheitas se traduziam numa melhoria da saúde vascular. Se estiver interessada em doar sangue, consulte o site min-saude.pt.

 

Gravidez bem controlada

O método de planeamento familiar natural é tão eficiente como a pílula contracetiva, sugere um estudo alemão que avaliou 900 mulheres. O método das temperaturas estabelece os níveis de fertilidade durante o ciclo mensal medindo as temperaturas do corpo e observando as secreções vaginais. O estudo da Reprodução Humana feito pela Universidade de Heidelberg (Alemanha), descobriu que usar este método levou a uma taxa anual de 0,4 gravidezes por cada 100 mulheres.

 

Um refrigerante chega!

Consumir mais do que um refrigerante por dia, mesmo que seja sem açúcar, aumenta em 44% o risco de incidência de síndrome metabólica, um conjunto de fatores de risco associados às doenças cardiovasculares e diabetes. Esta é a conclusão de um estudo publicado na Circulation, que envolveu mais de seis mil pessoas ao longo de quatro anos.

 

Treino contra a Parkinson

Embora se saiba que o exercício é saudável, muitas pessoas acham difícil manter um programa de exercícios a longo prazo. Mas isto é ainda mais importante para pessoas com doenças crónicas, como a doença de Parkinson, onde as limitações físicas e mentais são obstáculos adicionais.

No estudo Park-in-Shape, financiado pela ZonMW (Organização Holandesa de Pesquisa e Desenvolvimento em Saúde), os investigadores demonstram que pacientes nos estágios iniciais da doença de Parkinson que treinaram regularmente em casa durante seis meses apresentaram um efeito positivo na incapacidade motora comparável ao efeito da edicação convencional de Parkinson.

Brand Story